“Slam para Carolina” reúne poetas na Praça do Rosário

Slam é uma competição de poesia falada

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, através do Setor Municipal de Patrimônio apoiou o evento Slam para Carolina Maria de Jesus”, que aconteceu no último domingo (10/03) na Praça Dr. Valadares, no Bairro do Rosário e foi organizado pelo Slam Ondaka, de Uberaba, do Slam Máster, com a coordenação de Alessandro Dornelos. 

No pronunciamento de abertura Alessandro agradeceu o apoio de Denis Balduino e demais organizadores do grupo   Hora do Rap, mantenedores  da cultura hip hop  na cidade. Na ocasião também explicou que o projeto será desenvolvido ao longo de 2019 na cidade, inclusive com alunos da rede pública de ensino.   

Slams são encontros de poesia falada (spoken word) e performática, geralmente em forma de competição, onde um júri popular, escolhido espontaneamente entre o público, dá nota aos slammers (os poetas), levando em consideração principalmente dois critérios: a poesia e a desempenho. O Slam para Carolina obedeceu às seguintes regras:

1º. Três poemas de até três minutos
2º. Proibido acompanhamento musical ou objeto de cena
3º. Poemas autorais.

Os organizadores selecionaram aleatoriamente os jurados: Eliana Garcia, Jhosy Oliveira, Antony Oliveira, Jéssica Natalyê Gomes e Marcos Vinícius. 

Dezesseis poetas participaram do evento. De Sacramento foram seis: José Belisário, Jhonatan, Stella Beatriz, Eduarda Gabrielle, Hélida Marília e Douglas.  Os demais vieram da cidade de Uberaba. 

Os finalistas do foram: 
1º wellington Sabino 
2º Edison Fernando Dias 
3º Amanda Oliveira; 
3º Eduarda Gabrielle.

A poetisa Eduarda Gabrielle, avaliou o evento de forma positiva,  “Foi lindo, respeitoso! Sentimos honrados em receber o “Slam para Carolina” em Sacramento”. Eduarda, também relatou ser sua primeira participação em batalhas de poesia e ponderou que “Sacramento é uma cidade de boas energias e vibrações”, sendo necessários mais eventos culturais para os poetas e artistas se expressarem".     
 

14 de março - Aniversário de Carolina de Jesus

Escritora sacramentana completaria 105 anos em 2019

Carolina Maria de Jesus nasceu em 1914  em Sacramento, no interior de Minas Gerais. Nessa cidade estudou até o segundo ano primário no Colégio Allan Kardec . Seu acesso à escola só foi possível porque Maria Carolina, sua mãe, lavava roupa na casa de Dona Maria Leite , que insistiu para que Carolina fosse alfabetizada e custeou todas as despesas com livros e roupas no colégio.


Mais tarde, em busca de melhores condições de vida, Carolina percorreu o interior dos Estados de Minas Gerais e São Paulo, ora com sua família ora sozinha. Geralmente, enquanto sua mãe trabalhava na colheita do café, ela trabalhava como pajem de criança ou como doméstica. Nas horas vagas, tinha o hábito de ler livros.

Por volta de 1930, São Paulo era inquestionavelmente vista como a cidade da indústria, do progresso, e, consequentemente, dos bons empregos. Imbuída por essa “falsa percepção”, forjada no imaginário social da época, Carolina também acreditava que a metrópole seria o lugar apropriado para as pessoas em condições financeiras desfavoráveis.

No ano de 1937, após a morte de sua mãe, Carolina deixa a cidade de Franca (SP), acompanhando sua patroa, e muda-se para São Paulo, para trabalhar como doméstica. Mas, por ser dona de uma personalidade forte e dotada de consciência de sua condição na sociedade, não se adequou à profissão. Desempregada, Carolina se mudou em 1948 para a Favela do Canindé , às margens do Rio Tietê, e passou a ser catadora de lixo.

Nessa atividade, administrava seu próprio tempo e, nas horas vagas, escrevia poemas, contos, peças teatrais, romances, provérbios, diários pessoais, e compunha músicas. Sua escrita é um testemunho autobiográfico de fundamental importância, pois representa a percepção da escritora em relação às problemáticas sociais, culturais e políticas, tais como as precárias condições de vida na favela, a violência contra a mulher, o preconceito racial, a desigualdade social, o machismo, dentre outras.

Não se sabe ao certo quando Carolina começou a escrever e guardar seus escritos; tudo indica que tenha sido no início dos anos quarenta. Antes de ser revelada ao público, ela já havia tentado chamar a atenção de editores nacionais e internacionais, chegou até a encaminhar alguns cadernos para uma editora nos Estados Unidos, mas o material foi devolvido. 

Somente em abril de 1958, o jornalista Audálio Dantas, designado pelo jornal Folha da Noite para fazer uma reportagem sobre a realidade da favela do Canindé, conheceu Carolina e tomou conhecimento dos seus escritos. Em meio a uma múltipla produção literária, o jornalista interessou-se apenas pelos diários. Entusiasmado com a riqueza dos detalhes narrados nos diários, Audálio Dantas prometeu a Carolina que ia viabilizar a publicação de um livro. Antes, porém, o jornalista programou uma série de reportagens para apresentar os escritos de Carolina à sociedade, sendo que a primeira matéria saiu no dia 19 de maio de 1958, no jornal Folha da Noite, e a segunda saiu em 1959, em O Cruzeiro, a revista de maior circulação da época.

Em 1960, Carolina Maria de Jesus experimentou uma fama momentânea com a publicação de seu primeiro livro Quarto de Despejo – o diário de uma favelada. Tamanha repercussão ocorreu principalmente porque o livro retratava as condições de vida dos menos favorecidos. A questão do relato testemunhal foi fundamental para o sucesso da publicação. Carolina também é autora de Casa de Alvenaria: diário de uma ex-favelada (1961), Pedaços da Fome e Provérbios (1963) e Journal de Bitita, livro de memória póstuma, publicado na França em 1982, e lançado no Brasil pela Editora Nova Fronteira, em 1986, sob o título Diário de Bitita. Este livro resulta da divulgação de dois cadernos de manuscritos autobiográficos entregues por Carolina, em 1975, às jornalistas francesas Clélia Pisa e Maryvonne Lapouge, que vieram ao Brasil para entrevistar mulheres de destaque. De um grupo de vinte e seis mulheres selecionadas, Carolina era a única negra. Além dos livros publicados, ela também lançou um disco, em 1961, onde canta suas próprias composições.

Com a publicação do livro Quarto de Despejo os escritos de Carolina Maria de Jesus ficaram conhecidos internacionalmente: a obra percorreu mais de 40 países e foi publicado em 14 idiomas; o sucesso se deu porque pela primeira vez na história uma “favelada” contava sobre as suas próprias condições de vida. Sua escrita se apresentou como uma forma de resistência e denúncia dos abusos sociais aos quais os pobres cotidianamente submetidos. Apesar da repercussão da sua primeira obra, Carolina não ganhou em vida toda a atenção que merecia enquanto escritora. 
  
Carolina Maria de Jesus morreu em 13 de fevereiro de 1977 em Parelheiros (SP).

Seguindo a lógica cruel que muitas vezes acompanha artistas e escritores, Carolina conheceu a glória póstuma: sua obra hoje se tornou referência nos Estados Unidos; no Brasil, Quarto de Despejo é hoje leitura obrigatória no vestibular em várias universidades de porte, como a UNICAMP, A UFRGS E A UFMG. Grupos e coletivos feministas se inspiram na escritora a fim de discutir e solucionar seus próprios problemas no sentido de promover a mulher, como fazem o Coletivo Carolinas de Mulheres Negras, na Bahia, e o Carolinas, no Rio de Janeiro. Do ponto de vista artístico, vida e obra de Carolina tem sido tema para filmes, peças teatrais e composições musicais.
 

Lançamento da Revista Destaque IN

Estiveram presentes representantes dos Conselhos Municipais de Turismo e de Patrimônio

A Editora Bertolucci promoveu na última quarta-feira (27/02) na Casa da Cultura, o lançamento da edição número 94 da Revista Destaque IN, periódico informativo que divulga conteúdos de arte, literatura, história, cultura popular e meio ambiente em Sacramento. Também foram colocados para apreciação do público presente o encarte especial “Recordações de Viena”, do Prof. Dimas da Cruz Oliveira e o livro infanto-juvenil “Coisas do Amor”, da escritora sacramentana Hilza Augusto Almeida Silveira, de saudosa memória.

O evento foi abrilhantado por músicas especialmente preparadas por Guilherme Kassabian ao piano elétrico, e a garota Cláudia, cantora e intérprete das peças musicais.

No saguão principal foi apresentada uma galeria de quadros da artista plástica Marilene Pacheco, com telas inspiradas em modelos afrodescendentes; também constaram dessa galeria pinturas da autora Hilza, gentilmente cedidas para essa ocasião pelos familiares (Everson Silveira) e amigos (Marisa Cerchi).

Os editores da revista, Carlos Alberto Cerchi, Alessandro Abdala, e toda a equipe da Impacto Design foram os promotores da noite cultural, que agradou ao seleto público presente. O professor Dimas e o professor Walmor Júlio Silva foram os palestrantes da noite, com inspirados motivos literários de cunho artístico e didático.

Ao final, descontraída confraternização deu oportunidade aos presentes de adquirir as publicações que foram produzidas em Sacramento pela gráfica Mendes e Oliveira, cujos proprietários também se fizeram presentes.

Tivemos ainda, representantes da Rádio Estrela FM e do Poder Público (Dr. Pedro Teodoro Rodrigues Rezende), e também vários representantes dos Conselhos Municipais de Turismo e de Patrimônio.

Secretaria de Saúde e Setor de Patrimônio realizam Baile de Máscaras

Evento teve a participação dos carnavalescos Jhosy Oliveira e Luiz Alberto Silva

Mais um evento foi realizado em parceria entre as Secretaria de Saúde e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, que garantiu a realização do Grito de Carnaval do Projeto Geração 60+.

O evento foi realizado no Centro de Convivência do Idoso no dia 26 de fevereiro de 2019, durante o mesmo, foi lançado uma nova prática integrativa, que é a Musicoterapia pelo Dr. Claudinei Silva Junior.

O secretário de Sáude Dr. Reginaldo Afonso participou do evento juntamente com sua equipe e falou sobre a importância de ações interdisciplinares. Da Secretaria de Cultura, estiveram presentes os  servidores Luiz Carlos Júnior, Eliana Garcia Vilas Boas e os estagiários; Guilherme dos Santos Zago , Maria Clara Ribeiro e Verônica de Araújo. 

O evento ainda contou com a participação dos carnavalescos Jhosy Oliveira e Luiz Alberto Silva, que na ocasião sambaram com o público presente. Ainda houve apresentação da Bateria 2000, levando muito samba e animação para o baile. 

A carnavalesca e responsável da decoração da avenida Rosemary Idualte, disponibilizou  a decoração e as responsáveis pela secretaria de saúde: Betinha Nunes,Caroline Cruvinel e Patricia Cruvinel realizaram a decoração do Centro de Convivência do Idoso. 
  
Agradecimentos:
Bateria 2000
Jhosy Oliveira
Luiz Alberto Silva
Rosemary Idualte
 

Secretaria de Cultura em parceria com Projeto Sacra Essa Ideia participa do Projeto “Rádio na Praça”

Evento aconteceu no último sábado, 23/02

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, através do Setor Municipal de Patrimônio de Sacramento em parceria com o Projeto Sacra Essa Ideia realizou o Projeto Rádio na Praça, promovido pela Fundação Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento no dia 23 de fevereiro, na Vila Olímpica.    

Tal parceria viabilizou que durante o evento fossem apresentadas fotos antigas e atuais de Sacramento, o objetivo foi mostrar ao público presente as transformações históricas e paisagísticas dos espaços sociais e os diferentes sujeitos históricos. Para concretizar a ação foi selecionadas fotos do Arquivo Público Municipal e do Projeto Sacra Essa Ideia. 

 Da Secretaria de Cultura, estiveram presentes a servidora Eliana Garcia Vilas Boas e a estagiária Maria Clara Ribeiro e, a coordenadora do projeto Sacra Essa Ideia Isabel Cristina Pansani  

O evento “Rádio na Praça” contou com várias parcerias entre o setor público e privado, e teve como objetivo principal interagir e abrir espaços para os jovens se apresentarem no palco, tendo como lema a diversidade e interdisciplinaridade em diversos seguimentos culturais.   

Secretarias, entidades e pessoas parceiras:  


•Secretaria de Saúde (Várias atividades)
•Secretaria de Cultura (História do bairro)
•Secretaria de Esportes (Professores)
•Projeto Sacra Essa Ideia
•Cerea 
•Terno de Congado
•Clube Sacramentano de Xadrez e Damas (Zezinho)
•APAS (Leany)
•ASAA (Leila)
•Piupoca
•Guarda Municipal
•SAAE – Água
•Dr. Cristiano
•Bergson (Dengue e bichos)
•Rap
•Rádio Sacramento (Locutores)
•Thawane Caroline (Maquiagem)
•Andréia Garcia (Pinturas)

 

Apresentações artísticas:


•Ítalo da viola e Pâmella Soares 
•Teatro – Cerea Augusto Violeiro 
•Larissa e Daniel
•William, Carol e Diego
•Thaiene e Patrícia
•Folia de Reis (Milton)
•Terno de Congado Nossa Senhora do Rosário e São Benedito
•Kung – fu 
•Karatê 
•Vanessa
•Folia de Reis – Pai Eterno
•Rap
•Dança 
 

Secretaria de Saúde e Setor de Patrimônio realizam oficina com a Terceira Idade

Baile de Carnaval acontecerá na próxima terça-feira, 26, no Centro de Convivência do Idoso

Mais um evento foi realizado em parceria entre as Secretaria de Saúde e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural, que garantiu a realização da oficina interdisciplinar “Memória Carnavalesca”, tendo como público alvo a terceira idade.


O evento foi realizado no Centro de Convivência do Idoso no dia 19 de fevereiro de 2019, a Diretora da Atenção Primária, Caroline Cruvinel realizou a abertura do evento e destacou a importância da parceria entre as secretarias.

A oficina teve como objetivo principal contextualizar através de fotografias a tradição carnavalesca de Sacramento.  Para isso foi falado dos Bailes de Carnaval, dos Blocos Carnavalescos e por último do Carnaval de Rua. 
 
Da Secretaria de Cultura, estiveram presentes a servidora Eliana Garcia Vilas Boas e os estagiários; Verônica de Araújo e Guilherme dos Santos Zago, que apresentaram fotos antigas do Carnaval e um breve histórico da festa. 
 
O evento contou com a participação especial da servidora e carnavalesca Rosemary Idualte e do carnavalesco Luiz Alberto Silva, ambos falaram ao público presente sobre a trajetória como carnavalescos. Rosemary mostrou através de fotos o envolvimento de toda sua família com o carnaval. Já o carnavalesco Luiz Alberto apresentou fotos de suas luxuosas fantasias de destaque. 

O secretário de Saúde, Dr. Reginaldo Afonso finalizou o evento e agradeceu a participação de todos e, convidou os participantes da oficina para o Baile de Carnaval que acontecerá na próxima terça feira, dia 26 de fevereiro, no Centro de Convivência do Idoso a partir das 14 horas.  Vista sua fantasia e venha cair na folia com a gente.
 

Secretaria de Cultura apoia comemoração do Dia do Violeiro

Data foi instituída pela Lei Municipal nº 1.600

No dia 20 de janeiro, a Orquestra de Viola de Sacramento realizou no “Curral eventos” almoço em comemoração ao Dia do Violeiro, instituído pela Lei Municipal nº 1.600, de 16 de Outubro de 2018.  

Da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura estiveram presentes os estagiários Guilherme dos Santos Zago e Verônica de Araújo, que parabenizaram o presidente da Orquestra de, Viola Ivan Rosa Gomides pela iniciativa de organizar o evento alusivo ao dia do Violeiro e também realizaram a entrega de lembrancinha aos artistas presentes. Além da brilhante apresentação da Orquestra, os violeiros de Sacramento “Vinícius e Franciel”, “Vadim Violeiro”, “Wesley e Wellington” também se apresentaram, o evento contou ainda com a participação especial de Gaby Violeira. 

O condicional apoio da Secretaria de Cultural ao evento se deu em decorrência da adesão do Setor de Patrimônio Cultural à Política Estadual de registro dos Violeiros do Estado de Minas Gerais. Desta forma no ano de 2017 o Setor registrou 12 violeiros, habilitado assim o recebimento do ICMS patrimonial nesta modalidade.   A partir dos dados cadastrados foi possível inferir que o Cebolão é afinação mais utilizada pelos violeiros de Sacramento, e os ritmos mais tocados são: pagode, cururu e cipó preto. 

O cadastro foi elaborado pela equipe da Gerência de Patrimônio Imaterial do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – IEPHA/MG e teve como objetivo Registrar os Saberes, Linguagens e Expressões Musicais da Viola em Minas Gerais como patrimônio cultural imaterial. O formulário eletrônico foi disponibilizado no mês de março de 2017 na página do IEPHA/MG, para que os tocadores/fazedores de viola e as prefeituras do estado pudessem realizar seus cadastros. Importante resaltar que a plataforma continua disponível para o cadastro no seguinte link: https://form.jotformz.com/83304027842654.
 
 O reconhecimento  dos saberes, expressões e linguagens possibilita preservar, valorizar e compreender o universo das violas. Nesse sentido compreendermos que a adesão dos municípios é de extrema importância para consolidação das políticas públicas e também para valorização das tradições culturais. A música da viola desperta os mais diversos sentimentos, ativa a memória e estabelece conexões entre o meio rural e urbano, entre passado e presente, principalmente quando consideramos os ritmos da atualidade. No entanto podemos afirmar que a viola tem grande valor cultural e representa parte da identidade mineira, em algumas regiões resiste à tradição caipira, já em outras se reelaboram aos ritmos modernos.  

Segundo dados do IEPHA existem “mais de 30 ritmos diferentes no Estado, a maioria pertencente ao universo de ritmos da chamada “música caipira”, com destaque para o Pagode. Alguns violeiros e violeiras também apontaram como ritmos Congado, Folia, Batuque, Catira, Cururu, Lundu e Chula, que se referem às bases rítmicas das expressões culturais correspondentes. Os tocadores também apontaram ritmos mais comuns no Norte de Minas, mais conhecidos como toques, tais como Inhuma, Ludovina, Lundu e Onça”.

Documentação sobre tombamento de monumentos

Altar da Pátria e conjunto urbano, arquitetônico e artístico do Cemitério São Francisco de Assis

Clique no arquivo anexo para ver os documentos em formato PDF: 

Projeto de Educação Patrimonial premia alunos da Escola Coronel

Alunos produziram trabalhos artísticos

Na última quinta-feira, 25/10, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, através do Setor Municipal de Patrimônio Cultural, realizou a 12º etapa do Projeto de Educação Patrimonial, desenvolvida na Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida.


O projeto foi desenvolvido com os alunos do 6ºI, 6ºII, 7º e 8º ano do período integral da Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida com objetivo divulgar o Patrimônio Material e Imaterial do município de Sacramento. 


A responsável, Eliana Garcia Vilas Boas, e os estagiários Guilherme dos Santos Zago e Verônica de Araújo, realizaram a entrega das premiações aos dez alunos que obtiveram maior pontuação em um concurso de desenhos e frases. 


Durante a entrega das premiações estiveram presentes a diretora da escola, Monica Vieira Almeida e a coordenadora Marlene Ferreira de Oliveira, que ressaltaram a importância do projeto para a formação cultural dos alunos. A diretora frisou que a escola tem interesse em participar de novas edições do projeto. 
A entrega dos prêmios ocorreu no laboratório da escola, contando com a presença dos alunos, do serviço de coordenação e de professores. A equipe do Setor de Patrimônio destacou a importância da parceria para o desenvolvimento das ações e como sinal de agradecimento, presenteou toda a equipe envolvida no projeto com o Livro “Da Capela à Basílica” do escritor Sacramentano Amir Salomão  Jacób. 


Os prêmios concedidos refletem o interesse da comunidade sacramentana pelo projeto desenvolvido, sendo um incentivo oferecido pelos patrocinadores: Laticínios Scala, Sak´s, Doces Encantos, Cantina do Kontchaines, Associação Comercial e Empresarial de Sacramento, Editora Bertolucci, e Prefeitura Municipal de Sacramento. 


Alunos premiados no concurso:


Gustavo Antônio B. Pires 
Diego G. Silva Monteiro
Gustavo Henrique Borges da Mota
Vinicius da Silva Santos
Emerson Silva de Almeida
Eduardo Caixeta da Silva 
Hemilly Maria Silva Alexandre
Anderson dos Reis Oliveira Junior
Ana Luiza dos Santos Bispo 
Daniely C. Borges

Dedicamos a todos os nossos mais sinceros agradecimentos.
 

COMTUR realiza capacitação na Casa da Cultura

Vice-presidente do COMTUR auxiliou os presentes a realizar o CADASTUR

Na última terça-feira, 08/10, o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) realizou em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, palestra que auxiliou empresários do setor turístico de Sacramento a efetivar o cadastro no sistema "CADASTUR 3.0”. 

O treinamento aconteceu na Casa Da Cultura e foi ministrado elo vice-presidente do COMTUR, Fred Crema, que falou sobre a importância do CADASTUR, sistema gratuito que fornece dados ao Ministério do Turismo que os disponibiliza como referência na prestação de informações e indicação de destinos de cidades que possuam infraestrutura básica para receber o turista. Após a explanação, todos os empresários presentes receberam auxilio para realizar o CADASTUR.

Para Frederico Crema o evento foi um sucesso: "apesar de poucos participantes, celebramos quatro novos cadastros no CADASTUR em Sacramento, o que considero um passo a frente para o desenvolvimento do turismo”. 

Na ocasião foi ressaltada a importância da participação dos empresários nas reuniões do COMTUR e a necessidade de qualificação de profissionais para receber o turista.
  
Frederico Crema é empresário no ramo turístico  e dirige a empresa  “Maritaca Expeditions”. 

 

“Slam para Carolina” reúne poetas na Praça do Rosário

Slam é uma competição de poesia falada
Publicado em 14/03/2019

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, através do Setor Municipal de Patrimônio apoiou o evento Slam para Carolina Maria de Jesus”, que aconteceu no último domingo (10/03) na Praça Dr. Valadares, no Bairro do Rosário e foi organizado pelo Slam Ondaka, de Uberaba, do Slam Máster, com a coordenação de Alessandro Dornelos. 

No pronunciamento de abertura Alessandro agradeceu o apoio de Denis Balduino e demais organizadores do grupo   Hora do Rap, mantenedores  da cultura hip hop  na cidade. Na ocasião também explicou que o projeto será desenvolvido ao longo de 2019 na cidade, inclusive com alunos da rede pública de ensino.   

Slams são encontros de poesia falada (spoken word) e performática, geralmente em forma de competição, onde um júri popular, escolhido espontaneamente entre o público, dá nota aos slammers (os poetas), levando em consideração principalmente dois critérios: a poesia e a desempenho. O Slam para Carolina obedeceu às seguintes regras:

1º. Três poemas de até três minutos
2º. Proibido acompanhamento musical ou objeto de cena
3º. Poemas autorais.

Os organizadores selecionaram aleatoriamente os jurados: Eliana Garcia, Jhosy Oliveira, Antony Oliveira, Jéssica Natalyê Gomes e Marcos Vinícius. 

Dezesseis poetas participaram do evento. De Sacramento foram seis: José Belisário, Jhonatan, Stella Beatriz, Eduarda Gabrielle, Hélida Marília e Douglas.  Os demais vieram da cidade de Uberaba. 

Os finalistas do foram: 
1º wellington Sabino 
2º Edison Fernando Dias 
3º Amanda Oliveira; 
3º Eduarda Gabrielle.

A poetisa Eduarda Gabrielle, avaliou o evento de forma positiva,  “Foi lindo, respeitoso! Sentimos honrados em receber o “Slam para Carolina” em Sacramento”. Eduarda, também relatou ser sua primeira participação em batalhas de poesia e ponderou que “Sacramento é uma cidade de boas energias e vibrações”, sendo necessários mais eventos culturais para os poetas e artistas se expressarem".     
 

14 de março - Aniversário de Carolina de Jesus

Escritora sacramentana completaria 105 anos em 2019
Publicado em 14/03/2019

Carolina Maria de Jesus nasceu em 1914  em Sacramento, no interior de Minas Gerais. Nessa cidade estudou até o segundo ano primário no Colégio Allan Kardec . Seu acesso à escola só foi possível porque Maria Carolina, sua mãe, lavava roupa na casa de Dona Maria Leite , que insistiu para que Carolina fosse alfabetizada e custeou todas as despesas com livros e roupas no colégio.


Mais tarde, em busca de melhores condições de vida, Carolina percorreu o interior dos Estados de Minas Gerais e São Paulo, ora com sua família ora sozinha. Geralmente, enquanto sua mãe trabalhava na colheita do café, ela trabalhava como pajem de criança ou como doméstica. Nas horas vagas, tinha o hábito de ler livros.

Por volta de 1930, São Paulo era inquestionavelmente vista como a cidade da indústria, do progresso, e, consequentemente, dos bons empregos. Imbuída por essa “falsa percepção”, forjada no imaginário social da época, Carolina também acreditava que a metrópole seria o lugar apropriado para as pessoas em condições financeiras desfavoráveis.

No ano de 1937, após a morte de sua mãe, Carolina deixa a cidade de Franca (SP), acompanhando sua patroa, e muda-se para São Paulo, para trabalhar como doméstica. Mas, por ser dona de uma personalidade forte e dotada de consciência de sua condição na sociedade, não se adequou à profissão. Desempregada, Carolina se mudou em 1948 para a Favela do Canindé , às margens do Rio Tietê, e passou a ser catadora de lixo.

Nessa atividade, administrava seu próprio tempo e, nas horas vagas, escrevia poemas, contos, peças teatrais, romances, provérbios, diários pessoais, e compunha músicas. Sua escrita é um testemunho autobiográfico de fundamental importância, pois representa a percepção da escritora em relação às problemáticas sociais, culturais e políticas, tais como as precárias condições de vida na favela, a violência contra a mulher, o preconceito racial, a desigualdade social, o machismo, dentre outras.

Não se sabe ao certo quando Carolina começou a escrever e guardar seus escritos; tudo indica que tenha sido no início dos anos quarenta. Antes de ser revelada ao público, ela já havia tentado chamar a atenção de editores nacionais e internacionais, chegou até a encaminhar alguns cadernos para uma editora nos Estados Unidos, mas o material foi devolvido. 

Somente em abril de 1958, o jornalista Audálio Dantas, designado pelo jornal Folha da Noite para fazer uma reportagem sobre a realidade da favela do Canindé, conheceu Carolina e tomou conhecimento dos seus escritos. Em meio a uma múltipla produção literária, o jornalista interessou-se apenas pelos diários. Entusiasmado com a riqueza dos detalhes narrados nos diários, Audálio Dantas prometeu a Carolina que ia viabilizar a publicação de um livro. Antes, porém, o jornalista programou uma série de reportagens para apresentar os escritos de Carolina à sociedade, sendo que a primeira matéria saiu no dia 19 de maio de 1958, no jornal Folha da Noite, e a segunda saiu em 1959, em O Cruzeiro, a revista de maior circulação da época.

Em 1960, Carolina Maria de Jesus experimentou uma fama momentânea com a publicação de seu primeiro livro Quarto de Despejo – o diário de uma favelada. Tamanha repercussão ocorreu principalmente porque o livro retratava as condições de vida dos menos favorecidos. A questão do relato testemunhal foi fundamental para o sucesso da publicação. Carolina também é autora de Casa de Alvenaria: diário de uma ex-favelada (1961), Pedaços da Fome e Provérbios (1963) e Journal de Bitita, livro de memória póstuma, publicado na França em 1982, e lançado no Brasil pela Editora Nova Fronteira, em 1986, sob o título Diário de Bitita. Este livro resulta da divulgação de dois cadernos de manuscritos autobiográficos entregues por Carolina, em 1975, às jornalistas francesas Clélia Pisa e Maryvonne Lapouge, que vieram ao Brasil para entrevistar mulheres de destaque. De um grupo de vinte e seis mulheres selecionadas, Carolina era a única negra. Além dos livros publicados, ela também lançou um disco, em 1961, onde canta suas próprias composições.

Com a publicação do livro Quarto de Despejo os escritos de Carolina Maria de Jesus ficaram conhecidos internacionalmente: a obra percorreu mais de 40 países e foi publicado em 14 idiomas; o sucesso se deu porque pela primeira vez na história uma “favelada” contava sobre as suas próprias condições de vida. Sua escrita se apresentou como uma forma de resistência e denúncia dos abusos sociais aos quais os pobres cotidianamente submetidos. Apesar da repercussão da sua primeira obra, Carolina não ganhou em vida toda a atenção que merecia enquanto escritora. 
  
Carolina Maria de Jesus morreu em 13 de fevereiro de 1977 em Parelheiros (SP).

Seguindo a lógica cruel que muitas vezes acompanha artistas e escritores, Carolina conheceu a glória póstuma: sua obra hoje se tornou referência nos Estados Unidos; no Brasil, Quarto de Despejo é hoje leitura obrigatória no vestibular em várias universidades de porte, como a UNICAMP, A UFRGS E A UFMG. Grupos e coletivos feministas se inspiram na escritora a fim de discutir e solucionar seus próprios problemas no sentido de promover a mulher, como fazem o Coletivo Carolinas de Mulheres Negras, na Bahia, e o Carolinas, no Rio de Janeiro. Do ponto de vista artístico, vida e obra de Carolina tem sido tema para filmes, peças teatrais e composições musicais.
 

Lançamento da Revista Destaque IN

Estiveram presentes representantes dos Conselhos Municipais de Turismo e de Patrimônio
Publicado em 01/03/2019

A Editora Bertolucci promoveu na última quarta-feira (27/02) na Casa da Cultura, o lançamento da edição número 94 da Revista Destaque IN, periódico informativo que divulga conteúdos de arte, literatura, história, cultura popular e meio ambiente em Sacramento. Também foram colocados para apreciação do público presente o encarte especial “Recordações de Viena”, do Prof. Dimas da Cruz Oliveira e o livro infanto-juvenil “Coisas do Amor”, da escritora sacramentana Hilza Augusto Almeida Silveira, de saudosa memória.

O evento foi abrilhantado por músicas especialmente preparadas por Guilherme Kassabian ao piano elétrico, e a garota Cláudia, cantora e intérprete das peças musicais.

No saguão principal foi apresentada uma galeria de quadros da artista plástica Marilene Pacheco, com telas inspiradas em modelos afrodescendentes; também constaram dessa galeria pinturas da autora Hilza, gentilmente cedidas para essa ocasião pelos familiares (Everson Silveira) e amigos (Marisa Cerchi).

Os editores da revista, Carlos Alberto Cerchi, Alessandro Abdala, e toda a equipe da Impacto Design foram os promotores da noite cultural, que agradou ao seleto público presente. O professor Dimas e o professor Walmor Júlio Silva foram os palestrantes da noite, com inspirados motivos literários de cunho artístico e didático.

Ao final, descontraída confraternização deu oportunidade aos presentes de adquirir as publicações que foram produzidas em Sacramento pela gráfica Mendes e Oliveira, cujos proprietários também se fizeram presentes.

Tivemos ainda, representantes da Rádio Estrela FM e do Poder Público (Dr. Pedro Teodoro Rodrigues Rezende), e também vários representantes dos Conselhos Municipais de Turismo e de Patrimônio.

Secretaria de Saúde e Setor de Patrimônio realizam Baile de Máscaras

Evento teve a participação dos carnavalescos Jhosy Oliveira e Luiz Alberto Silva
Publicado em 27/02/2019

Mais um evento foi realizado em parceria entre as Secretaria de Saúde e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, que garantiu a realização do Grito de Carnaval do Projeto Geração 60+.

O evento foi realizado no Centro de Convivência do Idoso no dia 26 de fevereiro de 2019, durante o mesmo, foi lançado uma nova prática integrativa, que é a Musicoterapia pelo Dr. Claudinei Silva Junior.

O secretário de Sáude Dr. Reginaldo Afonso participou do evento juntamente com sua equipe e falou sobre a importância de ações interdisciplinares. Da Secretaria de Cultura, estiveram presentes os  servidores Luiz Carlos Júnior, Eliana Garcia Vilas Boas e os estagiários; Guilherme dos Santos Zago , Maria Clara Ribeiro e Verônica de Araújo. 

O evento ainda contou com a participação dos carnavalescos Jhosy Oliveira e Luiz Alberto Silva, que na ocasião sambaram com o público presente. Ainda houve apresentação da Bateria 2000, levando muito samba e animação para o baile. 

A carnavalesca e responsável da decoração da avenida Rosemary Idualte, disponibilizou  a decoração e as responsáveis pela secretaria de saúde: Betinha Nunes,Caroline Cruvinel e Patricia Cruvinel realizaram a decoração do Centro de Convivência do Idoso. 
  
Agradecimentos:
Bateria 2000
Jhosy Oliveira
Luiz Alberto Silva
Rosemary Idualte
 

Secretaria de Cultura em parceria com Projeto Sacra Essa Ideia participa do Projeto “Rádio na Praça”

Evento aconteceu no último sábado, 23/02
Publicado em 26/02/2019

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, através do Setor Municipal de Patrimônio de Sacramento em parceria com o Projeto Sacra Essa Ideia realizou o Projeto Rádio na Praça, promovido pela Fundação Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento no dia 23 de fevereiro, na Vila Olímpica.    

Tal parceria viabilizou que durante o evento fossem apresentadas fotos antigas e atuais de Sacramento, o objetivo foi mostrar ao público presente as transformações históricas e paisagísticas dos espaços sociais e os diferentes sujeitos históricos. Para concretizar a ação foi selecionadas fotos do Arquivo Público Municipal e do Projeto Sacra Essa Ideia. 

 Da Secretaria de Cultura, estiveram presentes a servidora Eliana Garcia Vilas Boas e a estagiária Maria Clara Ribeiro e, a coordenadora do projeto Sacra Essa Ideia Isabel Cristina Pansani  

O evento “Rádio na Praça” contou com várias parcerias entre o setor público e privado, e teve como objetivo principal interagir e abrir espaços para os jovens se apresentarem no palco, tendo como lema a diversidade e interdisciplinaridade em diversos seguimentos culturais.   

Secretarias, entidades e pessoas parceiras:  


•Secretaria de Saúde (Várias atividades)
•Secretaria de Cultura (História do bairro)
•Secretaria de Esportes (Professores)
•Projeto Sacra Essa Ideia
•Cerea 
•Terno de Congado
•Clube Sacramentano de Xadrez e Damas (Zezinho)
•APAS (Leany)
•ASAA (Leila)
•Piupoca
•Guarda Municipal
•SAAE – Água
•Dr. Cristiano
•Bergson (Dengue e bichos)
•Rap
•Rádio Sacramento (Locutores)
•Thawane Caroline (Maquiagem)
•Andréia Garcia (Pinturas)

 

Apresentações artísticas:


•Ítalo da viola e Pâmella Soares 
•Teatro – Cerea Augusto Violeiro 
•Larissa e Daniel
•William, Carol e Diego
•Thaiene e Patrícia
•Folia de Reis (Milton)
•Terno de Congado Nossa Senhora do Rosário e São Benedito
•Kung – fu 
•Karatê 
•Vanessa
•Folia de Reis – Pai Eterno
•Rap
•Dança 
 

Secretaria de Saúde e Setor de Patrimônio realizam oficina com a Terceira Idade

Baile de Carnaval acontecerá na próxima terça-feira, 26, no Centro de Convivência do Idoso
Publicado em 25/02/2019

Mais um evento foi realizado em parceria entre as Secretaria de Saúde e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural, que garantiu a realização da oficina interdisciplinar “Memória Carnavalesca”, tendo como público alvo a terceira idade.


O evento foi realizado no Centro de Convivência do Idoso no dia 19 de fevereiro de 2019, a Diretora da Atenção Primária, Caroline Cruvinel realizou a abertura do evento e destacou a importância da parceria entre as secretarias.

A oficina teve como objetivo principal contextualizar através de fotografias a tradição carnavalesca de Sacramento.  Para isso foi falado dos Bailes de Carnaval, dos Blocos Carnavalescos e por último do Carnaval de Rua. 
 
Da Secretaria de Cultura, estiveram presentes a servidora Eliana Garcia Vilas Boas e os estagiários; Verônica de Araújo e Guilherme dos Santos Zago, que apresentaram fotos antigas do Carnaval e um breve histórico da festa. 
 
O evento contou com a participação especial da servidora e carnavalesca Rosemary Idualte e do carnavalesco Luiz Alberto Silva, ambos falaram ao público presente sobre a trajetória como carnavalescos. Rosemary mostrou através de fotos o envolvimento de toda sua família com o carnaval. Já o carnavalesco Luiz Alberto apresentou fotos de suas luxuosas fantasias de destaque. 

O secretário de Saúde, Dr. Reginaldo Afonso finalizou o evento e agradeceu a participação de todos e, convidou os participantes da oficina para o Baile de Carnaval que acontecerá na próxima terça feira, dia 26 de fevereiro, no Centro de Convivência do Idoso a partir das 14 horas.  Vista sua fantasia e venha cair na folia com a gente.
 

Secretaria de Cultura apoia comemoração do Dia do Violeiro

Data foi instituída pela Lei Municipal nº 1.600
Publicado em 24/01/2019

No dia 20 de janeiro, a Orquestra de Viola de Sacramento realizou no “Curral eventos” almoço em comemoração ao Dia do Violeiro, instituído pela Lei Municipal nº 1.600, de 16 de Outubro de 2018.  

Da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura estiveram presentes os estagiários Guilherme dos Santos Zago e Verônica de Araújo, que parabenizaram o presidente da Orquestra de, Viola Ivan Rosa Gomides pela iniciativa de organizar o evento alusivo ao dia do Violeiro e também realizaram a entrega de lembrancinha aos artistas presentes. Além da brilhante apresentação da Orquestra, os violeiros de Sacramento “Vinícius e Franciel”, “Vadim Violeiro”, “Wesley e Wellington” também se apresentaram, o evento contou ainda com a participação especial de Gaby Violeira. 

O condicional apoio da Secretaria de Cultural ao evento se deu em decorrência da adesão do Setor de Patrimônio Cultural à Política Estadual de registro dos Violeiros do Estado de Minas Gerais. Desta forma no ano de 2017 o Setor registrou 12 violeiros, habilitado assim o recebimento do ICMS patrimonial nesta modalidade.   A partir dos dados cadastrados foi possível inferir que o Cebolão é afinação mais utilizada pelos violeiros de Sacramento, e os ritmos mais tocados são: pagode, cururu e cipó preto. 

O cadastro foi elaborado pela equipe da Gerência de Patrimônio Imaterial do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – IEPHA/MG e teve como objetivo Registrar os Saberes, Linguagens e Expressões Musicais da Viola em Minas Gerais como patrimônio cultural imaterial. O formulário eletrônico foi disponibilizado no mês de março de 2017 na página do IEPHA/MG, para que os tocadores/fazedores de viola e as prefeituras do estado pudessem realizar seus cadastros. Importante resaltar que a plataforma continua disponível para o cadastro no seguinte link: https://form.jotformz.com/83304027842654.
 
 O reconhecimento  dos saberes, expressões e linguagens possibilita preservar, valorizar e compreender o universo das violas. Nesse sentido compreendermos que a adesão dos municípios é de extrema importância para consolidação das políticas públicas e também para valorização das tradições culturais. A música da viola desperta os mais diversos sentimentos, ativa a memória e estabelece conexões entre o meio rural e urbano, entre passado e presente, principalmente quando consideramos os ritmos da atualidade. No entanto podemos afirmar que a viola tem grande valor cultural e representa parte da identidade mineira, em algumas regiões resiste à tradição caipira, já em outras se reelaboram aos ritmos modernos.  

Segundo dados do IEPHA existem “mais de 30 ritmos diferentes no Estado, a maioria pertencente ao universo de ritmos da chamada “música caipira”, com destaque para o Pagode. Alguns violeiros e violeiras também apontaram como ritmos Congado, Folia, Batuque, Catira, Cururu, Lundu e Chula, que se referem às bases rítmicas das expressões culturais correspondentes. Os tocadores também apontaram ritmos mais comuns no Norte de Minas, mais conhecidos como toques, tais como Inhuma, Ludovina, Lundu e Onça”.

Documentação sobre tombamento de monumentos

Altar da Pátria e conjunto urbano, arquitetônico e artístico do Cemitério São Francisco de Assis
Publicado em 06/12/2018

Clique no arquivo anexo para ver os documentos em formato PDF: 

Projeto de Educação Patrimonial premia alunos da Escola Coronel

Alunos produziram trabalhos artísticos
Publicado em 31/10/2018

Na última quinta-feira, 25/10, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, através do Setor Municipal de Patrimônio Cultural, realizou a 12º etapa do Projeto de Educação Patrimonial, desenvolvida na Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida.


O projeto foi desenvolvido com os alunos do 6ºI, 6ºII, 7º e 8º ano do período integral da Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida com objetivo divulgar o Patrimônio Material e Imaterial do município de Sacramento. 


A responsável, Eliana Garcia Vilas Boas, e os estagiários Guilherme dos Santos Zago e Verônica de Araújo, realizaram a entrega das premiações aos dez alunos que obtiveram maior pontuação em um concurso de desenhos e frases. 


Durante a entrega das premiações estiveram presentes a diretora da escola, Monica Vieira Almeida e a coordenadora Marlene Ferreira de Oliveira, que ressaltaram a importância do projeto para a formação cultural dos alunos. A diretora frisou que a escola tem interesse em participar de novas edições do projeto. 
A entrega dos prêmios ocorreu no laboratório da escola, contando com a presença dos alunos, do serviço de coordenação e de professores. A equipe do Setor de Patrimônio destacou a importância da parceria para o desenvolvimento das ações e como sinal de agradecimento, presenteou toda a equipe envolvida no projeto com o Livro “Da Capela à Basílica” do escritor Sacramentano Amir Salomão  Jacób. 


Os prêmios concedidos refletem o interesse da comunidade sacramentana pelo projeto desenvolvido, sendo um incentivo oferecido pelos patrocinadores: Laticínios Scala, Sak´s, Doces Encantos, Cantina do Kontchaines, Associação Comercial e Empresarial de Sacramento, Editora Bertolucci, e Prefeitura Municipal de Sacramento. 


Alunos premiados no concurso:


Gustavo Antônio B. Pires 
Diego G. Silva Monteiro
Gustavo Henrique Borges da Mota
Vinicius da Silva Santos
Emerson Silva de Almeida
Eduardo Caixeta da Silva 
Hemilly Maria Silva Alexandre
Anderson dos Reis Oliveira Junior
Ana Luiza dos Santos Bispo 
Daniely C. Borges

Dedicamos a todos os nossos mais sinceros agradecimentos.
 

COMTUR realiza capacitação na Casa da Cultura

Vice-presidente do COMTUR auxiliou os presentes a realizar o CADASTUR
Publicado em 11/10/2018

Na última terça-feira, 08/10, o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) realizou em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, palestra que auxiliou empresários do setor turístico de Sacramento a efetivar o cadastro no sistema "CADASTUR 3.0”. 

O treinamento aconteceu na Casa Da Cultura e foi ministrado elo vice-presidente do COMTUR, Fred Crema, que falou sobre a importância do CADASTUR, sistema gratuito que fornece dados ao Ministério do Turismo que os disponibiliza como referência na prestação de informações e indicação de destinos de cidades que possuam infraestrutura básica para receber o turista. Após a explanação, todos os empresários presentes receberam auxilio para realizar o CADASTUR.

Para Frederico Crema o evento foi um sucesso: "apesar de poucos participantes, celebramos quatro novos cadastros no CADASTUR em Sacramento, o que considero um passo a frente para o desenvolvimento do turismo”. 

Na ocasião foi ressaltada a importância da participação dos empresários nas reuniões do COMTUR e a necessidade de qualificação de profissionais para receber o turista.
  
Frederico Crema é empresário no ramo turístico  e dirige a empresa  “Maritaca Expeditions”. 

 

Alunos da Escola Coronel José Afonso visitam Parque Municipal da Gruta dos Palhares

Ação integra a 10ª etapa do Projeto de Educação Patrimonial
Publicado em 28/09/2018

Na última quinta-feira, 27/09 o Setor Municipal de Patrimônio Cultural realizou, em parceria com a Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura a 10º etapa do Projeto de Educação Patrimonial: “Nos Caminhos do Patrimônio: Conceito, Legislação e práticas”

O projeto foi desenvolvido com os alunos do 6ºI, 6ºII, 7º e 8º ano do período integral da Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida com objetivo divulgar o Patrimônio Material e Imaterial do município de Sacramento.  

Durante a visita, a servidora Eliana Garcia e a estagiária Verônica Araújo apresentaram aos alunos os dados históricos da Gruta dos Palhares e também as lendas que permeiam o imaginário popular sobre a localidade. 

A professora Talita Florêncio Urbano, explicou sobre o processo de formação rochosa da Gruta e o secretário de cultura professor Carlos Alberto Cerchi apresentou os aspectos geográficos e geológicos. 

Após as palestras, foram apresentados os quatro primeiro colocados  do concurso de frases e desenhos, que teve como temática os bens patrimoniais de Sacramento:

-Gustavo Antônio
-Diego G. Silva
-Gustavo Henrique
-Vinicius da Silva.  

Gustavo Antonio recebeu como premiação o livro “Diário de Bitita” da escritora Sacramentana Carolina Maria de Jesus.   

 Para finalizar as atividades os alunos tomaram um reforçado café da manhã.
 

Secretarias de Cultura, Saúde e Assistência Social promovem oficina para Terceira Idade

Evento contou com a participação de 121 pessoas
Publicado em 27/09/2018

Uma parceria entre as Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, Secretaria de Saúde  e Secretaria de Assistência Social, garantiu a realização da oficina interdisciplinar  “Retalhos da memória e a Perspectiva do Patrimônio em Sacramento”, que teve como público alvo a terceira idade e contou com a participação de 121 pessoas.


Na abertura do evento, a psicóloga Ana Carolina falou da campanha nacional de prevenção ao suicídio, que aconteceu na cidade de Sacramento com as ações do “Setembro Amarelo” e frisou a importância da parceria realizada entre as secretarias, como uma forma de garantir lazer e cultura para a população e consequentemente beneficiar a saúde.


Diversas atividades culturais e artísticas enriqueceram o evento, como a apresentação do
artista Arnaldo Santana, que colocou em cena o seu famoso personagem, o caipira “Zéca” que contou causos, cantou músicas e declamou poemas; e do poeta Sacramentano, José Belizário Pereira, que declamou poesias relacionadas à história da cidade.


Da Secretaria de Cultura, estiveram presentes a servidora Eliana Garcia e os estagiários Verônica de Araújo e Guilherme dos Santos Zago, que apresentaram fotos antigas da cidade, além de grupos culturais como Companhias de Folia Reis e Ternos de Congada e Moçambique.

A apresentação das fotografias despertou diversas lembranças que foram vivenciadas pelos participantes. O senhor Raul José de Almeida explicou a história do Grupo da Terceira Idade em Sacramento.


O Secretário de Saúde Dr. Reginaldo Afonso finalizou o evento e agradeceu a participação de todos, em especial aos Agentes Comunitários de Saúde e todos os envolvidos no projeto “Academia Viva”.

Pareceres do Conselho Municipal de Patrimônio Cultural

Publicado em 19/09/2018

O departamento de seção do Patrimônio Cultural da Prefeitura Municipal de Sacramento publica:

-Parecer do Conselho Municipal de Patrimônio Cultural;

-Parecer técnico  sobre o Tombamento do prédio da Antiga Cadeia, hoje Arquivo Público Municipal, e da Antiga Estação dos Bondes, atual Palácio das Artes;

-Considerações técnicas sobre o tombamento do Cemitério Municipal São Francisco de Assis.

Clique nos arquivos anexos para ler os documentos em formato pdf:

Secretaria de Cultura e COMTUR desenvolvem Projeto de Educação Patrimonial

“Nos Caminhos do Patrimônio: conceitos, legislação e práticas"
Publicado em 28/08/2018

Na última quarta-feira, 22/08 o Setor Municipal de Patrimônio Cultural e o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) realizaram, em parceria com a Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida e com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura a 5º etapa do Projeto de Educação Patrimonial, desenvolvida no Museu Corália Venites Maluf. 

Durante a visita a servidora Eliana Garcia e a estagiária Verônica Araújo apresentaram aos alunos à importância do museu e de seu acervo enquanto guardião da memória histórica do município de Sacramento. Além dos aspectos históricos, discutiu-se também a relação de Patrimônio, Turismo e Desenvolvimento Sustentável. O vice- presidente do Comtur Frederico Crema, frisou o grande potencial turístico que o município possui, lembrando que muitos locais ainda são desconhecidos pela população Sacramentana.  
       
O projeto de Educação Patrimonial está sendo desenvolvido com os alunos do 6ºI, 6ºII, 7º e 8º ano do período integral da Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida. E tem por objetivo divulgar o Patrimônio Material e Imaterial do município de Sacramento. Para uma compreensão mais ampla serão abordados os conceitos de história, memória, identidade cultural, patrimônio e, também turismo cultural. 

Confira as próximas atividades do projeto: 

Dia 13/09 
Palestra: O patrimônio e o Turismo: Possibilidades para o Desenvolvimento Sustentável 
Local: Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida 

Dia 27/09 
Visita cultura à Gruta dos Palhares e Usina Cajuru 

Biblioteca Municipal recebe doação de livro infantil

Jornalista araxaense Domingos Antunes é autor da obra
Publicado em 28/08/2018

No dia 22 de agosto a equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura recebeu a visita do jornalista e escritor Domingos Antunes Guimarães e sua esposa Neusa Rosemíramis. Domingos é da cidade de Araxá e autor do livro, Liporema Meropil – a floresta de alfabeto e o sumiço das vogais. Na ocasião foram doados 20 exemplares da obra para Secretaria de Cultura que serão destinados a Biblioteca Municipal. 
 
O livro é voltado para o público infantil, mas também instiga várias reflexões dos adultos, principalmente pela prática em lopogramas que se caracteriza como uma forma da escrita reduzida.  A narrativa é bem contextualizada e ao longo da história as vogais vão desaparecendo, uma por vez.   O livro foi contemplado pela Lei de Incentivo a Cultura (Rouanet) e patrocinado pela CBMM e pelo Colégio Salesiano Dom Bosco de Araxá. 

Sinopse:

LIPOREMA MEROPIL é um duende apaixonado pelas letras e suas curiosidades, como lipogramas, palíndromos e o próprio alfabeto. Um dia ele teve um sonho bastante maluco. Sonhou que estava perdido em uma floresta de alfabeto com todas as letras se movimentando ao seu redor.

De repente, ele percebeu algo estranho: a vogal A desapareceu. E, por mais que ele tentasse não conseguiu encontrá-la. Teve que se expressar de improviso sem o uso da vogal fujona até conseguir recuperá-la. Mas para seu desespero, quando o A retornou, a vogal E desaparece. Diante desse sufoco, nosso apavorado amiguinho vai se desdobrando na criatividade para suprir cada uma das vogais enquanto tenta recuperar uma a uma.

E nessa fantástica viagem, Liporema Meropil passa por situações diversas e inusitadas. Ao final, consegue compreender a mensagem deixada por aquele sonho maluco e cheio de aventuras.
 

Pesquisador dos EUA visita Acervo de Carolina Maria de Jesus

Jacob Brawn, da Universidade de Vanderbilt, em Nashiville – EUA desenvolve Tese de Doutorado
Publicado em 21/08/2018

Entre os dias 09 a 14 de agosto, a equipe do Arquivo Público Municipal recebeu a visita do americano Jacob Charles Brown, pesquisador da obra de Carolina Maria de Jesus, pela Universidade de Vanderbilt em Nashville, Tennessee, EUA. 

Jacob foi o primeiro pesquisador a consultar a versão recém digitalizada do acervo da escritora sacramentana e reportou à equipe da Secretaria de Cultura sobre sua “experiência maravilhosa”. Segundo ele, “além da pesquisa realizada, também pôde conhecer um pouco da história da cidade natal  de Carolina”, que  lhe foi narrada em detalhes pelo Secretário de Cultura, professor Carlos Alberto Cerchi,  durante visita realizada na Gruta dos Palhares. Para Jacob, “com certeza, a experiência vivenciada em Sacramento ajudou na compreensão da obra de Carolina”. 

Jacob conta que “antes de chegar em Sacramento, sabia apenas que existiam 37 cadernos manuscritos da autora na sua cidade natal”, mas após conhecer a cidade, “descobri que também havia um time de profissionais conhecedores da vida e literatura de Carolina. Agradáveis, receptivos e dispostos a ajudar, sobretudo a senhora Eliana Garcia, que me explicou cuidadosamente sobre a classificação e identificação do acervo de Carolina”. 

Jacob considerou ainda que a pesquisa no acervo digitalizado foi muito produtiva, a “digitalização dos documentos é ótima, o que tornou mais fácil e confortável a minha pesquisa”, relatou. 
 

Artesãos de Sacramento participam de feira em São Paulo

Mega Artesanal é a maior feira de artesanato da América Latina
Publicado em 21/08/2018

Com apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, uma comitiva de 42 pessoas ligadas ao artesanato e projetos culturais, participou entre os dias 03 a 08 de agosto da Mega Artesanal, maior feira do setor na América Latina, realizada na São Paulo Expo.

No evento, os artesões de Sacramento tiveram a oportunidade de aprimorar conhecimentos na arte e no trabalho criativo, participando de aulas teóricas e práticas, oficinas de confecção de bonecas, confeitaria, costura, flocagem em isopor, origami, confeitaria e outros como scraps e bolo fake de EVA.

A servidora Rosemary Silva Idualte, esteve presente no evento, coordenando os trabalhos e acompanhando os artesãos e considera fundamental o apoio da Secretaria de Cultura, que proporcuinou infraestrutura e transporte aos artesão de Sacramento.

Sacramento ganha Mapa Turístico

Onde História, Cultura e Natureza se encontram
Publicado em 17/08/2018

Acaba de ser lançado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura em parceria com o COMTUR, um mapa ilustrado com os principais pontos turísticos do município de Sacramento.

Com projeto gráfico da Impacto Design & Comunicação e textos, fotos e ilustrações do designer Alessandro Abdala, o material servirá de suporte aos operadores de turismo que atuam no município e como ferramenta de orientação para as pessoas que visitam Sacramento em busca de atrativos como a Gruta dos Palhares, o Colégio Alan Kardec e o Parque Nacional da Serra da Canastra.

Dividido em três eixos: História, Natureza, Cultura e Religiosidade, o mapa também é um guia de bolso e apresenta um mosaico da diversidade cultural, histórica e natural de que dispõe o município de Sacramento.

Com informações úteis como contatos e horário de funcionamento de hotéis, pousadas, lanchonetes e restaurantes, além de informações sobre rotas e distâncias dos atrativos, o material está sendo distribuído gratuitamente no comércio e pontos de interesse turístico e constitui poderosa contribuição para o fomento do turismo local.

Quem tiver interesse, pode retirar gratuitamente um exemplar na sede da Secretaria de Cultura, na praça Cônego Hermógenes, 75.

Secretaria de Cultura participa da 8° Rodada Regional do Patrimônio Cultural 2018

De Sacramento estiveram presentes Eliana Garcia e Verônica de Araújo
Publicado em 04/07/2018

No dia 29 de junho, o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA-MG) realizou na cidade de Belo Horizonte a 8° Rodada Regional do Patrimônio Cultural 2018, que contou com a participação de mais 70 pessoas.

De Sacramento estiveram presentes, a Subdiretora de cultura Eliana Garcia Vilas Boas e a estagiaria do setor de patrimônio Verônica Araújo, ambas representando a prefeitura de Sacramento.
A 8° Rodada Regional do Patrimônio Cultural 2018 teve por objetivo esclarecer as dúvidas dos municípios em relação à Deliberação normativa do Conselho Estadual do Patrimônio (CONEP) n° 06/2018, sendo a deliberação documento de referência para que o município de Sacramento participe da Distribuição da Parcela da Receita do Produto da Arrecadação Do ICMS Pertencentes aos Municípios de Minas Gerais – Critério do Patrimônio Cultural. 

Na ocasião o Direto do IEPHA-MG, Fernando Pimenta tratou-se das diretrizes técnicas que norteiam o Patrimônio Cultural Brasileiro e as normativas legais para efetivar processos de registros, inventários e tombamentos na esfera municipal.  Na ocasião  Fernando Pimenta recomendou para que as prefeituras não contratem empresas terceirizadas (consultorias) para realizar os processos de inventários e tombamentos municipais, pois essas atividades deveram ser executadas por servidores municipais sendo necessário  que o setor de patrimônio tenha pelo menos um funcionário fixo, o diretor frisou ainda, que o município deverá contratar empresas de consultorias apenas para elaborarem projetos mais complexos, como por exemplo, de restauração. 

Na rodada os municípios sugeriram ao IEPHA-MG para inserir na normativa uma rodada destinada exclusivamente para os prefeitos, pois muitas cidades não contam com o apoio da administração, sobretudo para a Gestão do Fundo Municipal do Patrimônio, fator este que acaba prejudicando o desenvolvimento do Setor de Patrimônio. 

Em relação ao ICMS a cidade de Sacramento pontuou 5.59 no ano de 2017, a pontuação foi satisfatória principalmente comparada à pontuação de 2016 que foi 1,10, nesse sentido o município teve um avanço de 4,49 pontos.  
 

Parecer do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural sobre pedido de tombamento de monumentos públicos

Muralha de Pedra que contorna o Cemitério Municipal, Monumento da Padroeira e Monumento ao Santíssimo Sacramento  
Publicado em 05/06/2018

O departamento de seção do Patrimônio Cultural da Prefeitura Municipal de Sacramento publica o parecer do Conselho Municipal de Patrimônio Cultural  e o parecer técnico  sobre o pedido de Tombamento da Muralha de Pedra que contorna o Cemitério Municipal, Monumento da Padroeira, também chamado de Altar da Pátria e o Monumento ao Santíssimo Sacramento.  

Clique no anexo para ler os referidos documentos em formato PDF:

Secretaria de Cultura participa da Reunião Regional de Congadeiros de MG

De Sacramento estiveram presentes Eliana Garcia e Lucimar dos Reis
Publicado em 22/05/2018

Nos dias 18 e 19 de maio, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional realizou na cidade de Uberlândia a  Reunião Regional de Congadeiros de Minas Gerais, que contou com representantes de 100 cidades.

De Sacramento estiveram presentes a diretora de cultura Eliana Garcia Vilas Boas representando a prefeitura de Sacramento e Lucimar dos Reis representando o Grupo de Congada Guarda de São Benedito e Nossa Senhora do Rosário.

A reunião Regional de Congadeiros teve por objetivo  ampliar o diálogo com os representantes dos grupos de congada e o setor público sobre o processo de registro das "Gongadas de Minas Gerais", como Patrimônio Imaterial do Brasil, pelo  Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN.

Na ocasião foram apresentados os princípios básicos que norteiam a Política Nacional do Patrimônio Imaterial e os elementos que permeiam o processo de Registro. 

Na fala dos congadeiros ficou explícita a dificuldade de dialogar com o poder público e a necessidade de recursos e iniciativas que valorizem a cultura africana para além do 20 de novembro. 

Com relação às prefeituras, constatou-se que a falta de servidores públicos efetivos na área do Patrimônio Cultural é prejudicial para o desenvolvimento cultural sustentável  dos municípios, principalmente os de menor porte.

O pedido para o reconhecimento foi elaborado por Jeremias Ribeiro da cidade de Uberlândia e apoiado pelos Municípios de Uberaba, Campos Altos, Ibiá, Frutal, Monte Alegre de Minas e da Associação dos Congos e Moçambiques Nossa Senhora do Rosário de Ibiá.
 

Feira Cultural, Artística e Gastronômica movimenta Arquivo Público

Evento integra programação da Semana Carolina Maria de Jesus
Publicado em 16/03/2018

Aconteceu nesta sexta 16/03 a abertura da Feira Cultural, Artística e Gastronômica de Sacramento. Instalada no pátio do Arquivo Público Municipal, a feira reuniu artesãos, artistas, comerciantes e agricultores orgânicos que receberam da Secretaria de Cultura a estrutura para a exposição de seus produtos.

Doces, salgados, produtos artísticos e artesanatos diversos puderam ser apreciados e adquiridos pelos visitantes que aprovaram a iniciativa. "Gostei muito da proposta, do espaço que ficou amplo e organizado, da variedade de produtos e do ambiente em geral. Parabéns à Secretaria de Cultura por promover esta feira!" afirmou o músico Gustavo Amorim. Já para o empresário do ramo de turismo Fred Crema,  "a feria é muito positiva e deveria ocorrer com mais frequência, pois constitui mais um atrativo turístico para a cidade".

Idealizada e implementada pela equipe da Secretaria de Cultura,  a feira faz parte dos eventos comemorativos da Semana Carolina Maria de Jesus e estará funcionando neste final de semana, 17 e 18 de março, contando com apresentações musicais, além da exposição e comércio de produtos típicos.

Venha participar!
 

No aniversário de Carolina de Jesus apresentações lembram a escritora

Escola Técnica e Casa da Cultura receberam o monólogo "O luxo do lixo", do ator Wilson Rabelo
Publicado em 15/03/2018

O dia 14 de março marca o aniversário da escritora sacramentana Carolina Maria de Jesus, que estaria completando 104 anos. Para celebrar a data, Sacramento recebeu o ator mineiro radicado no Rio de Janeiro, Wilson Rabelo.

Em duas apresentações - no dia 13 na escola que leva o nome da escritora, Wilson comoveu os cerca de 400 alunos que puderam acompanhar a brilhante performance do ator -  e no dia 14 na Casa da Cultura, onde dividiu o palco com apresentações de dança das professoras Eliana Borges e Maria Amélia Pacheco.

Na Escola Estadual Escritora Carolina Maria de Jesus os alunos apreciaram também uma exposição de pinturas da artista Marilese de Almeida Pacheco, com obras inspiradas na trajetória de Carolina de Jesus e que serviram como tema para trabalhos e discussões em sala de aula. 

Coordenados pelo Secretário de Cultura, professor Carlos Alberto Cerchi e sua equipe, os eventos fazem parte do calendário da Semana Carolina Maria de Jesus,  promovida pela Secretaria de Cultura e que tem  comemorações programadas até o dia 27/03.

Confira os próximos eventos culturais da Semana Carolina Maria de Jesus:

Dia 16/03 – Sexta-feira 
18h Arquivo Público Municipal -  Feira Cultural, Artística e Gastronômica.   
20h - Inauguração da cozinha no pátio do Arquivo Público  
-Apresentação de Juliany Cristina de Almeida Costa, interpretando Carolina Maria de Jesus 
-Apresentação de Dança do Grupo JC DANCE 

Dia 17/03 - Sábado 
18h - Arquivo Público Municipal - Feira Cultural, Artística e Gastronômica;
19h -  Apresentação Egbè omó  odé osé omi – Comunidade Filhos de Oxossi   
20h - Grupo de dança "Engenho de Maromba" 
21h - Grupo de dança "Mix Dance" 

Dia 18/03 - Domingo 
18h - Arquivo Público Municipal - Feira Cultural, Artística e Gastronômica;
20h - Orquestra de Viola Viva de Sacramento
21h - Hora do RAP MCs 

Dia 27/03 - Terça-feira 
13h30 - Casa da Cultura - Exibição do filme “As Sufragistas” e Mesa Redonda com mulheres sacramentanas convidadas
Coordenação: Secretaria  Municipal de Saúde.

 

 

No mês da Mulher, Secretaria de Cultura promove "Semana Carolina Maria de Jesus"

Em parceria com a Secretaria de Saúde, programação vai de 05 a 27/03
Publicado em 05/03/2018

O mês de março marca o Dia Internacional da Mulher (08) e o nascimento da escritora sacramentana Carolina Maria de Jesus (14). Para reverenciar estas datas, durante todo o mês a  Secretaria de Desenvolvimento Econômico Turismo e Cultura, em parceria com a Secretaria de Saúde e todos os segmentos da Administração 2017/2020, promovem várias atividades culturais.

Nesta programação, a Semana Carolina Maria de Jesus, instituída por Lei Municipal, representa sem dúvida um momento especial para fazermos as reflexões propostas pelos respectivos conselhos municipais de cultura e saúde. 

Confira a programação cultural do mês de março de 2018 em Sacramento MG:

Dia 05/03- Segunda-feira 
7h30 - UBS Ary Bonatti
Abertura das apresentações com caminhada em homenagem as mulheres. Saída da UBS Ary Bonatti sentido Igreja da Basílica.
Coordenação: Secretaria de Saúde.

DIA 6/03 – Terça-feira 
14h - Casa da Cultura 
Palestra com a Psicóloga Patrícia Batista sobre o tema: Sexualidade, Feminilidade e Autoestima - "A Mulher Diamante".
Coordenação: Secretaria Municipal de Saúde

DIA 8/03 – Quinta-feira
13h30 - Câmara Municipal
Palestra com a Psicóloga Ana Carolina Loiola sobre o tema: "Violência contra a Mulher: Lei Maria da Penha"

19h - Casa da Cultura 
Aberturas das atividades da Semana Carolina Maria de Jesus pela Associação Comercial e Empresarial de Sacramento ACE/CDL com o Tradicional Evento em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. 

DIA 9/03 – Sexta-feira
7h30 - Fazenda Bom Pastor
Oficina de Plantio  com a professora Maria Aparecida Martins - Presidente da Rede Brota Cerrado de Cultura e Agroecologia

14h  - Casa da Cultura 
Assembléia Geral da Rede Brota Cerrado

18h -  Arquivo Público
Sarau Cultural em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde  
Desfile de Noivas . Coord. Pretas Noivas  

Dia 10/03 - Sábado 
7h30 - Praça de Esportes Encontro de Mulheres da Rede Brota Cerrado 
7h30 Oficina de Escuta do Corpo e da Voz em Movimento. Maria de Fátima Archanjo Farjardo e voluntárias.
09h15 - Apresentação das participantes e do trabalho coletivo que desenvolvem
11h– Diagnóstico sobre a participação das Mulheres no SPG Brota Cerrado
12h – Lançando um olhar sobre a participação no SPG Brota Cerrado - Os Desafios da Participação das Mulheres e Sistematização e Planejamento das Ações
14h - Vivência em Cânticos Nativos. Tauan Castro  
17h – Encerramento 

19h  - Arquivo Público Municipa
Apresentação de Juliany Cristina de Almeida Costa, interpretando Carolina Maria de Jesus 
Apresentação da Associação Musical de Sacramento/Banda Lira do Borá - Músicas de Carolina Maria de Jesus.

Dia 11/03 - Domingo 
7h30 - Praça de Esportes - Oficina Tai Chi Chuan. Professora Silvânia . Coordenação Maria Aparecida Martins
14h às 16h Oficina de Jogos Teatrais. Professora Marta Moreno - Rede Brota Cerrado  

17h - Arquivo Público Municipal 
Apresentações Afro dos Grupos de Capoeira de Sacramento: Gunga de Ouro, Mestrando Pretinho, Mestrando Pezão; Grão-Mestre Betinho. Coordenação Rosemeire Idualte
18h -  Terno de Moçambique Mocidade Verde e Branco, da cidade de Araxá  
19h - Grupo de Dança Maculelê Zumbaia, de Araxá 
20h -  Grupo de Dança Movimento Afro, de Araxá 

Dia 13/03 - Terça-feira 
20h - Escola Estadual Escritora Carolina Maria de Jesus - Abertura da Exposição Carolina Maria de Jesus, organizada pela professora Marilese Pacheco – Ateliê Arte Manha de Desenho e Pintura 

Dia 14/03 - Quarta-feira 
14h - Casa da Cultura Apresentação do Grupo de Dança do Ventre do Studio Corpo e Movimento. Professora Maria Amélia Pacheco.
17h- Apresentação do Grupo de dança da Secretaria Municipal de Cultura. Professora Eliana Borges
18h - Apresentação do monólogo “Carolina: O Luxo do Lixo” com o ator Wilson Rabelo 

Dia 16/03 – Sexta-feira 
18h Arquivo Público Municipal -  Feira Cultural, Artística e Gastronômica.   
20h - Inauguração da cozinha no pátio do Arquivo Público  
-Apresentação de Juliany Cristina de Almeida Costa, interpretando Carolina Maria de Jesus 
-Apresentação de Dança do Grupo JC DANCE 

Dia 17/03 - Sábado 
18h - Arquivo Público Municipal - Feira Cultural, Artística e Gastronômica;
19h -  Apresentação Egbè omó  odé osé omi – Comunidade Filhos de Oxossi   
20h - Grupo de dança "Engenho de Maromba" 
21h - Grupo de dança "Mix Dance" 

Dia 18/03 - Domingo 
18h - Arquivo Público Municipal - Feira Cultural, Artística e Gastronômica;
20h - Orquestra de Viola Viva de Sacramento
21h - Hora do RAP MCs 

Dia 27/03 - Terça-feira 
13h30 - Casa da Cultura - Exibição do filme “As Sufragistas” e Mesa Redonda com mulheres sacramentanas convidadas
Coordenação: Secretaria  Municipal de Saúde.

Contamos com uma boa acolhida da comunidade em resposta para construirmos uma referência cultural e turística de crescimento para Sacramento no mês de março deste ano e nos anos vindouros. 

 

Alunos da UFTM visitam prédios históricos e Gruta dos Palhares em Sacramento

Alunos ursos de História e Serviço Social foram acompanhados pela funcionária Eliana Garcia e pelas professoras Sandra Mara e Celeste Aparecida
Publicado em 26/01/2018

Sob orientação da funcionária Eliana Garcia e acompanhados das professoras Sandra Mara Dantas, do Departamento de História e Celeste Aparecida Barbosa, do Departamento de Serviço Social, os alunos da Universidade Federal do Triângulo Mineiro visitaram a cidade de Sacramento no último dia 13 de janeiro de 2018 e tiveram a oportunidade de conhecer o acervo arquivístico que está sobre a custódia do Arquivo Público Municipal de Sacramento. Na ocasião deu-se ênfase no arquivo pessoal da Escritora Carolina Maria de Jesus e na documentação antiga do distrito de Desemboque, como livros de atas e documentos  de alforria de escravos.

Ao final da visita Professor Elcio Pereira de Melo doou ao arquivo uma cópia do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com o tema “Eurípedes Barsanulfo:  Um intelectual em Sacramento-MG do início do século XX".


Além do Arquivo Público, os alunos visitaram  prédios históricos no centro da cidade e o Parque Municipal da Gruta dos Palhares. 


 

Carolina Maria de Jesus marca comemorações na Semana da Consciência Negra

Parceria entre Secretaria de Cultura e Escola Carolina Maria de Jesus lembrou a data em Sacramento
Publicado em 27/11/2017

Na sexta-feira, 24/11 a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura promoveu, em parceria com a direção da Escola Estadual Escritora Carolina Maria de Jesus, uma série de atividades alusivas ao Dia da Consciência Negra, lembrado na útlima segunda-feira, dia 20 de novembro.

Conduzido pelo Secretário de Cultura, professor Carlos Alberto Cerchi, o evento marcou a inauguração, na Escola Técnica,  do painel com imagem da Escritora Carolina Maria de Jesus pintado pelo artista Denis Balduino, utilizando a técnica grafite. Além da obra de Denis, a artista Marilese Almeida Pacheco também expôs suas telas, retratando a Escritora Carolina, além de  Daniela Crispim, que apresentou tecidos importados da África, utilizados na confecção de roupas no estilo afro.

Diversas apresentações artísticas enriqueceram o evento, como o Grupo de Congada que coroou a nova princesa durante a atividade, e apresentações de alunos da escola, integrantes do grupo Hora do Rap e declamação de poesia pelo aluno Antony.

De Uberaba, cantor João Paulo Silva, acompanhado de seu filho João Pedro, apresentou canções de RAP - estilo identificado com a cultura afro e consagrado como música de protesto e manifestação cultural dos que são marginalizados pelo sistema excludente do capitalismo.

Ao final das apresentações, os participantes assistiram ao filme/documentário curta-metragem "O Papel e o Mar", produção do diretor Luiz Antonio Pilar, que transformou em realidade um encontro entre João Cândido - o Almirante Negro e a escritora Carolina de Jesus.

Além do professor Berto, discursaram o presidente do grupo de Congada, Delcides Tiago e o prefeito Municipal, Dr. Wesley De Santi de Melo, que refletiram sobre a importância da data para a comunidade afrodescendente no Brasil.

Estiveram presentes ainda, a diretora Shirley Magnabosco, o secretário de saúde Reginaldo Afonso, o vereador Luster Fernandes, representando a Câmara Municipal, além da inspetora de ensino Mariléia Martins.

Cine Sesi Cultural exibe cinema gratuito na praça em Sacramento

Parceria entre o Sesi e Secretaria de Cultura garantiu a exibição de curtas e longas metragens
Publicado em 18/09/2017

De 16 a 18 de setembro Sacramento pôde curtir a especial programação do Projeto Cine Sesi Cultural, que há 15 anos leva cinema de qualidade às cidades do interior do Brasil.

Durante três dias de exibição na Praça Getúlio Vargas, o público se fez presente e  mais de mil pessoas puderam se encantar, sorrir e se emocionar com as histórias exibidas na telona.

O evento aconteceu graças a uma parceria entre o SESI e  Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Cultura.

O projeto roda longas metragens para fazer o cinema percorrer seu o caminho de volta. Dos filmes brasileiros, 90% são inspirados nas histórias do interior. Em sessões abertas nas pracinhas ou ruas de casario, quem é acostumado a andar pelas estradas de barro ou de pedra estreia os pés no tapete vermelho. Estrelando, brasileiros que, na sua maioria, vão ver cinema pela primeira vez. Por isso mesmo, as exibições são cuidadosamente projetadas na grande tela. Curtas e longas com qualidades técnica e criativa. Filmes de gente famosa no mundo e na vizinhança. Além da curadoria priorizar o cinema brasileiro, também são exibidos os curtas de animação produzidos pelos alunos das oficinas de animação quadro a quadro nos municípios. Trabalhos premiados em festivais, como o Anima Mundi e selecionados no Festival de Genebra.

O mais bacana de tudo é que os sonhos não vão embora com o caminhão. A experiência dura 3 dias. Mas o que fica na lembrança é para sempre.

Exposição "Áfricas" na Casa da Cultura encerra nesta quarta (06/09)

Presidente da FCU confirma presença na cerimônia de encerramento
Publicado em 05/09/2017

A Fundação Cultural de Uberaba está dando início a importantes ações e iniciativas para a reativação do Polo Cultural, um projeto que reunia as principais secretarias de Cultura da região com o objetivo de fortalecer a área cultural regional, criando integração e intercâmbio de cultura entre os municípios.

Uma das ação é que a Fundação Cultural, em parceria com o Governo Municipal de Sacramento e apoio cultural da Câmara de Sacramento e do Instituto Madiba, apresentam na cidade a exposição "Áfricas: Herero, Himba, Pokot e povos nômades", da fotógrafa internacional Alice Kohler. A exposição, que foi de grande sucesso no I Circuito Internacional de Cultura do Memorial Chico Xavier e no Praça Uberaba Shopping, está agora na galeria de exposições temporárias da Casa da Cultura Sérgio Pacheco, e segue aberta ao público de Sacramento até quarta-feira, dia 6, com encerramento oficial às 17h, com a presença confirmada do prof. Antonio Carlos Marques, presidente da Fundação Cultural de Uberaba.

O presidente da Fundação Cultural, Antônio Carlos Marques, explica que as ações na região já refletem positivamente a importância de se fortificar os laços regionais de cultura. “Uberaba já foi considerada a Capital da Cultura em nossa região, e queremos mostrar todo este potencial com o retorno do Polo Cultural. Este projeto pretende trazer vantagens para todas as cidades participantes, pois com a união podemos inclusive baratear serviços e proporcionar um intercâmbio cultural cada vez mais significativo”, destaca o presidente.

O Polo Cultural (Pocultap) nasceu nos anos 90 e reuniu grande parte das secretarias de cultura da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Faziam parte do projeto as cidades de Uberaba, Uberlândia, Araxá, Patos de Minas, Patrocínio, Ibiá, Monte Carmelo, Douradoquara, Estrela do Sul, Ituiutaba, Cachoeira Dourada de Minas, Tupaciguara, Pratinha, Pedrinópolis, Santa Juliana, Nova Ponte, Carneirinho, Iturama, Itapagipe, Araguari, Frutal, são Gotardo, Canápolis, Capinópolis etc. Finalizou seu primeiro ciclo em 1999.

O objetivo do Polo Cultural era fortalecer a área cultural da região, criar uma integração cultural e alavancar o turismo, levando para cada município informações culturais, cursos, palestras e orientações para a formação de casas culturais, além de centros de documentação e arquivos, intercâmbio de shows musicais e exposições itinerantes vindas da Secretaria de Cultura do Estado e dos municípios ligados ao Polo Cultural.

A reativação deste grande projeto, segundo a Fundação Cultural de Uberaba, será uma oportunidade de novamente reunir as secretarias e departamentos de cultura e turismo da região com o objetivo de criar intercâmbios culturais, desenvolver projetos e buscar parcerias de interesse para a região, bem como conhecer a realidade de cada município e fortalecer as ações culturais destes municípios.

 

Sacramento recebe Exposição Internacional de Fotografias

Mostra da fotógrafa Alice Kohler permanecerá exposta de 04 a 06 de setembro na Casa da Cultura
Publicado em 01/09/2017

Sacramento será a terceira cidade brasileira a receber a exposição internacional: "Áfricas: Hererro, Himba, Pokot e Nômades", da fotógrafa Alice Kohler.

A exposição foi viabilizada graças a uma parceria entre a Fundação Cultural de Uberaba e a Secretaria de Cultura de Sacramento, com apoio cultural da Câmara Municipal e do Instituto Mandiba.

A mostra é composta por 20 imagens que traduzem o trabalho da artista em suas idas poéticas ao continente africado, momentos de renovação ao povo intocado do líder Mandela. 

Alice Kohler nasceu em 16 de maio de 1960, na cidade de Blumenau, Santa Catarina. Aos dois anos sua família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde vive até hoje. Graduou-se em educação física pela UFRJ e, especializou-se em Management of Olimpic Sport Organization , pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). 

Dedica parte de seu tempo como voluntária na reserva indígena do Médio Xingu, promovendo a prática de esportes e combatendo o alcoolismo e as drogas. Nestas viagens , registra o povo, seu modo de vida e a natureza da região. A afinidade com a natureza e com o cotidiano da vida indígena dão inspiração a Alice como fotógrafa, uma de suas paixões desde 1977, quando estudante de intercâmbio nos Estados Unidos.

Seu olhar aguçado e exigente captam o que nossos olhos não enxergam e a frenesi de suas lentes registram a beleza e a essência de povos que não conhecemos.
 
Alice  é um misto de fotógrafa e andarilha que gasta uma boa parte de sua vida vivenciando e aprendendo nos quatro Continentes e nos lugares mais diversos  em cultura e hábitos, abrindo é claro um capítulo a parte para o Brasil, sua terra natal .

Artista que fez da Fotografia sua Profissão de Fé.


" As fotos de Alice são o resultado do seu olhar andarilho, curioso e generoso, mas ao mesmo tempo guerreiro, porque busca o outro para nos mostrar que, no essencial, somos todos iguais. 

Desportista antes de ser fotógrafa, Alice dedica boa parte de seu tempo trabalhando como voluntária na área indígena do Médio Xingu, promovendo a prática de esportes, e no tempo que sobra acompanha projetos sociais no continente africano.

Em “Africas”,  ela nos leva por caminhos do Botsuana, Namíbia, Quênia, África do Sul e Benim, recolhendo momentos que valem por uma verdadeira iniciação na essência de um mundo quase intocado e, por isso mesmo, impregnado pela memória ancestral. Seja nos desertos e savanas ou nos centros urbanos, a população africana se esmera em originalidade com seu jeito colorido de ser  que conta a história das tribos, dos clãs, dos povos de ontem e de hoje. Através das suas fotos, Alice se faz embaixadora de toda essa riqueza cultural."

Milton Guran

Agende:

Exposição Caminhos da África: Hererro, Himba, Pokot e Nômades

Alice Kohler

04 a 06 de setembro 

Casa da Cultura

Orquestra Experimental Uberlândia encanta Sacramento

Concertos marcaram a abertura das comemorações do aniversário da cidade
Publicado em 19/08/2017

Abrindo as comemorações dos 197 de Sacramento, a Orquestra Experimental Uberlândia encantou o público presente em duas apresentações memóraveis neste sábado, 19 de agosto.

Às dez da manhã, na Gruta dos Palhares, e às cinco da tarde na praça da Basílica, os sacramentanos puderam acompanhar o repertório diversificado executado pelas crianças que compõem o projeto da Orquestra Experimental.

Ao abrir o concerto, na Gruta dos Palhares, o prefeito Wesley De Santi de Melo saudou os músicos e o público e falou da alegria de Sacramento em poder comemorar seu aniversário assistindo a um espetáculo de inquestionável qualidade.

Sob a regência do maestro Klemes César Pires, a Orquestra atende 130 crianças e atua desde 2013, contribuindo para a educação e formação de crianças da periferia de Uberlândia. 

De sacramento, em homenagem aos músicos de Uberlândia, se apresentaram os artistas Luiz Carlos e José Belizário Pereira que declamaram poesias sobre a Gruta dos Palhares e a cidade de Sacramento.

 

Orquestra Experimental Uberlândia se apresenta em Sacramento neste sábado 19/08

Orquestra é formada por mais de 100 integrantes, entre crianças, jovens e adultos
Publicado em 16/08/2017

Sacramento recebe neste sábado (19) duas apresentações da "Orquestra Experimental Uberlândia",  projeto que atende 130 crianças,  coordenado há 15 anos pelo músico Ângelo Nascimento.

Com apoio da Prefeitura Municipal, via Secretaria de Cultura, Sacramento está contemplada entre as cidades que recebem a apresentações da atual turnê da orquestra.

“Hoje atendemos quase duzentas crianças.Quando começamos eram 40 alunos em uma salinha pequena. Hoje temos até instrumentoteca e salas de ensaio”, afirma o professor Ângelo Marques Nascimento, bacharel em piano, com licenciatura plena em Música. Ao ver o progresso dos alunos dentro do projeto ele só pensa em continuidade. Em um universo de 150 alunos, pelo menos 50 já têm o próprio instrumento, sinal de apoio incondicional dos pais que mesmo com o orçamento apertado fazem a aquisição para os filhos praticarem também em casa. “Já comprei instrumentos no meu cartão de crédito e os pais me pagavam os valores das parcelas mensalmente até quitar”, conta Ângelo Nascimento.

Em Sacramento, as apresentações acontecem na Gruta dos Palhares e na Praça da Matriz,  e integram o calendário da 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Sacramento.

 

Anote os horários das aprentações:

Orquestra Experimental Uberlândia

19/08/2017 

10h - Gruta dos Palhares

17h- Praça da Matriz

 

 

 

Desemboque festeja o 9º Encontro de Folia de Reis

Evento aconteceu neste domingo 13/08 e reuniu folias de toda região
Publicado em 14/08/2017

A comunidade do Desemboque, recebeu neste domingo (13/08) o "9º Encontro de Folias de Reis".

Com apresentações de folias de Sacramento e municípios vizinhos o evento aconteceu durante todo o dia e foi marcado por grande participação do público, que confirmou sua  fé e devoção aos Três Reis Magos.

Além das apresentações das folias, o público presente apreciou a "Exposição Cultural de fotografias: O Desemboque e as Folias de Reis na linha do tempo"  e também uma exposição de artesanatos e fotografias em memória do Professor Vicente de Araújo lima - Vicente Hermógenes, ícone desemboquense falecido recentemente.

Promovido pelos festeiros Maurício Viana, Edmar e respectivas famílias, a organização do evento contou com apoio integral da Secretaria de Cultura, que teve toda sua equipe presente no dia do evento.

Sacramento participa da 6ª Jornada do Patrimônio Cultural

Eventos acontecem durante todo o mês de agosto
Publicado em 14/08/2017

Durante esse mês de agosto Sacramento desenvolve uma rica atividade cultural  que compõe a 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais. 

A 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), durante todo o mês de agosto, contará com cerca de 1.200 atividades de preservação e promoção do patrimônio cultural. Neste ano, aproximadamente 640 municípios mineiros participam da Jornada, que integra as comemorações do Dia do Patrimônio.

A programação reúne exposições, feiras, apresentações musicais e de teatro, seminários, encontros de grupos e culturas populares, como capoeira, catira, congado, folia de reis e reinado, além de visitas guiadas, publicações, dentre outras atividades que se relacionam com a preservação do patrimônio cultural de cada cidade participante.

O tema desta edição é "Outros olhares sobre o Patrimônio Cultural" e o objetivo é despertar o olhar, o interesse e o engajamento da população para a preservação do patrimônio material e imaterial de Minas Gerais.

As prefeituras municipais que tiverem sua adesão à Jornada homologada e que comprovarem a realização das ações conforme a Deliberação Normativa do CONEP terão direito à pontuação no programa ICMS Patrimônio Cultural.

Sacramento participa uma programação especial, confira:

Dia 13 de agosto (Domingo) das 9h às 18h
9h – Abertura do 9º Encontro de Folia Reis na Comunidade do Desemboque
9h30 – Abertura da Exposição Cultural de fotografias: O Desemboque e as Folias de Reis na linha
do tempo.
Exposição de artesanato confeccionado pelo Professor Vicente de Araújo - em memória
13h – Almoço
Durante o encontro será realizado o inventário das Folias de Reis da cidade de Sacramento
 

Dia 19 de agosto (sábado) das 10h às 18h
10h - Apresentação do Concerto da Orquestra Experimental de Uberlândia na Gruta dos Palhares.
18h - Apresentação do Concerto da Orquestra Experimental de Uberlândia na Praça da Matriz

Dia 24 – de agosto (quinta feira) das 10h às 18h no Parque de Exposição Hugo Rodrigues 
10h - abertura das apresentações culturais e da feira de artesanato
18 h - encerramento das apresentações

Dia 26 de agosto (sábado) das 16h às 19h na Praça da Igreja Matriz
16h – Abertura da feira de produtos orgânicos com a Rede Brotas Cerrado
16h30 visita mediada pelo secretário Carlos Alberto Cerchi na “Trilha de Bitita”
17h – Apresentação da dança Engenho de Maromba

Dia 27 e 28 de agosto exposição "Carolina Maria de Jesus nas telas de Sacramento" na Casa da Cultura
27 - 16h abertura da exposição com apresentação de documentário
28 – visitação das 8h às 20h

Sarau Cultural Movimenta Arquivo Público

Evento foi marcado pelo lançamento da edição comemorativa da Revista Destaque IN
Publicado em 07/08/2017

O Arquivo Público Municipal, Cônego Hermógenes Casimiro de Araújo Bruonswik, recebeu na noite deste sábado (05/08) seleto público que pode acompanhar apresentações musicais e culturais de artistas da cidade.

O evento, que marcou o lançamento de edição comemorativa da Revista Destaque In, contou com apresentação dos músicos Luiz e os irmãos Wagner e Josué, explanação do professor Dimas da Cruz sobre "Representações Artísticas pelo Olhar dos Viajantes Naturalistas" e do professor Carlos Alberto Cerchi, que apresentou um retrospecto histórico do antigo prédio da cadeia municipal, hoje sede do arquivo
público. 

Encerrado a programação da noite, o professor Alessandro Abdala, que realiza um trabalho de documentação das aves do município, apresentou palestra sobre o grupo de pássaros "Caboclinhos", pequenas aves comedoras de sementes, que se encontram ameaçadas de extinção e tem ocorrência no município de Sacramento.

Ao final das apresentações os participantes tiveram um momento de confraternização e troca de ideias, saboreando um chá e quitutes mineiros.
 

Secretaria Divulga o "9º Encontro de Folias em Desemboque"

Equipe de Sacramento visitou cidades de Uberaba, Conquista, Araxá, Tapira, Ibiraci, Rifaina, Franca e Igarapava
Publicado em 02/08/2017

Com a finalidade de valorizar e divulgar a tradição cultural e religiosa das Folias de Reis de Sacramento e de toda região, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural estabelece parceria com os festeiros do 9º encontro de Folias na comunidade do Desemboque, que será realizado dia 13 de agosto.

Essa atividade faz parte da Jornada Mineira do Patrimônio Cultural que é proposta pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artísitico de Minas Gerais.

Considerando a importância desse encontro cultural, e no intuito de divulgar o evento e buscar apoio das cidades vizinhas foram realizadas visitas às cidades de Uberaba, Conquista, Araxá, Tapira, Ibiraci, Rifaina, Franca e Igarapava.

A equipe da secretaria estará presente no encontro e será realizada uma exposição mediada de fotografias sobre o Desemboque e as folias.   

Inventário das Folias de Minas

Secretaria auxilia no registro dos grupos de folia de Reis de Sacramento
Publicado em 31/07/2017

O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, IEPHA-MG, está desenvolvendo o inventário para fins de registro das Folias/Ternos/Charolas de Minas Gerais. 

O Objetivo é identificar a localidade que tem Folias e mapear as características regionais relacionadas à crença e tradição de cada grupo.

Considerando a importância dessa iniciativa a Secretaria Municipal de Cultura de Sacramento, através do seu setor de patrimônio vem convidar todos os Capitães de Folias para fazerem a inscrição do seu grupo no Arquivo Público Municipal, localizado na praça Cônego Hermógenes, 75 até do 31 do 07 das 8hs às 16.

O capitão deverá levar o nome completo dos componentes e das instrumentárias utilizados no grupo.

O Cadastro pode ser feito diretamente pela internet, ou presencialmente no Arquivo Público Municipal, com a ajuda da servidora Eliana Garcia Vilas Boas.
 

IEPHA realiza registro de tocadores e artesãos de viola

Secretaria oferece o registro com a servidora Eliana Vilas Boas
Publicado em 28/07/2017

Para conhecer um pouco mais da diversidade cultural das violas no Estado O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais está com edital em aberto para registros de todos os violeiros do Estado. 

O Objetivo é identificar onde estão presentes os tocadores e os artesões de viola  e mapear as características regionais relacionadas ao fazer e ao tocar a viola, além de compreender as relações do instrumento com as comunidades. 

Considerando a importância dessa  iniciativa a Secretaria de Cultura de Sacramento, através do seu setor de patrimônio vem convidar todos os violeiros para fazerem suas inscrições no Arquivo Público Municipal, localizado na praça Cônego Hermógenes, 75 até do 31 do 07 das 8hs às 16.

O Atendimento e cadastro será feito pela servidora Eliana Garcia Vilas Boas.

Contamos com a colaboração de todos para valorizar a tradição da viola no nosso município.

Sacramento sedia reunião da AMITAM

Estiveram presentes representantes de municípios paulistas e mineiros que compõem o circuito
Publicado em 19/07/2017

Aconteceu no último dia 19/07 na Gruta dos palhares, em Sacramento MG, a reunião ordinária da Associação dos Municípios de Interesse Turístico da Alta Mogiana - AMITAM.

Abriu a reunião o  Diretor Excutivo do Circuito Turístico da Alta Mogiana, Manoel Pedro Leal, que passou a palavra ao Presidente da AMITAM, prefeito Wesley De Santi de Melo que saudou os presentes e falou da importância da associação para fortalecer o turismo do interior. 

Os trabalhos durante a reunião seguiram a seguinte pauta:

- Rota da Arte – avaliação por parte das agências
- Palestra “Artesanato Brasileiro “ – Politica de desenvolvimento.
- Diretrizes e parcerias CMM – Consórcio de Municípios da Mogiana e AMITAM-Prefeito Dimar de Brito/ Celia – Secretária
-Participação na Feira Avirrp – agosto de 2017
-Definições internas das reuniões ordinárias setoriais/regionais. 


De sacramento também palestraram o diretor do Parque Náutico de Jaguara, Dr. Ivan Sebastião Afonso e o Secretário de Desenvolvimento Econônico, Turismo e Cultura Prof. Carlos Alberto Cerchi, que fez uma explanação ao ar livre para os participantes sobre aspectos históricos e culturais do Parque Municipal da Gruta dos Palhares.

A AMITAM é a Associação dos Municípios de Interesse Turístico da Alta Mogiana envolvendo 55 municípios das regiões nordeste do estado de São Paulo e Triângulo Mineiro. O nome Alta Mogiana se deve à antiga Cia. de Estradas de Ferro Mogiana, que dividiu suas linhas de operação em três regiões: baixa, média e alta.

A próxima reunião acontecerá no município paulista de Altinópolis.

Parceria entre Secretaria de Cultura e APU digitaliza obra de Carolina Maria de Jesus

Com a digitalização esperamos socializar o trabalho da Carolina Maria de Jesus, afirma o Secretário Berto.
Publicado em 03/07/2017

Na última quarta-feira (28/06), o Arquivo Público de Uberaba recebeu o secretário de Cultura e Turismo de Sacramento Carlos Alberto Cerchi, que disponibilizou a coleção de obras originais da escritora Carolina de Maria de Jesus para ser digitalizados. A ação é fruto de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Uberaba/Secretaria de Governo por meio do Arquico Público, com a Prefeitura de Sacramento, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo/Arquivo Público Municipal Cônego Hermógenes Cassimiro de Araújo Brunswik.
 
O pesquisador do Arquivo Público de Uberaba, Miguel Jacob Neto, destacou a importância de poder digitalizar esse material que será disponibilizado para os interessados em pesquisar sobre a obra da escritora e também poderá ser utilizado para pesquisas internas do arquivo. “É muito importante essa parceria entre os municípios para que haja o estreitamento entre os Arquivos Públicos que só tem a se facilitar o acesso a informações e o desenvolvimento de pesquisas”, pontua Miguel.
 
De acordo com o Secretário de Cultura e Turismo de Sacramento, Carlos Alberto Cerchi, o material está no arquivo de Sacramento desde 1990, doado pela filha da Carolina. “Com a digitalização esperamos socializar o trabalho da Carolina Maria de Jesus, que é uma autora muito conhecida internacionalmente tendo suas obras traduzidas em mais de 15 idiomas e comercializada em mais de 60 países”, destaca Cerchi.
 
Estão sendo digitalizados 37 cadernos brochura, que foram manuscritos por Carolina, onde estão obras inéditas contendo peças teatrais, romances, diários, composições de musica, poemas, enfim, uma gama de trabalhos não publicados. Também serão digitalizados os originais dos livros, Pedaço da Fome e Casa de Alvenaria, que não são mais encontrados no mercado.
 
A responsável pelo Arquivo Público de Sacramento, Eliana Garcia Vilas Boas, pontuou ainda a importância desse material, como um arquivo pessoal físico, onde inclusive os rascunhos estão preservados para análise da obra da autora. “Hoje com os arquivos digitais, na maioria das vezes você apaga o rascunho sobrando apenas o produto final. Já nos arquivos físicos, temos o rascunho e original, o que é uma fonte muito rica para os pesquisadores”, ressalta Boas.
 
Esse trabalho está sendo realizado para democratizar o acervo de Carolina Maria de Jesus, uma vez que, desde seu centenário em 2014, uma corrente de pesquisadores tem defendido que a autora seja pesquisada em suas obras inéditas, até mesmo para que eles possam desvendar novas facetas de Carolina.

Equipe da Secretaria de Cultura se reúne com Associação do Desemboque

Publicado em 16/06/2017

Na última quarta-feira, 14/06, a Associação dos Agricultores Familiares do Desemboque, durante sua reunião ordinária,  recebeu a visita de uma comissão técnica da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura. Coordenada pelo Diretor Excutivo do Circuito Turístico da Alta Mogiana, Manoel Pedro Leal, a equipe levou aos moradores do Desemboque a proposta de elaborar em conjunto com os associados, um projeto de revitalização turística para o povoado.

Abrindo a reunião, o presidente Eduardo Resende do Nascimento confirmou o interesse da associação em colaborar com o projeto, mas lembrou da necessidade urgente de se buscar meios para a restauração das igrejas, um dos maiores patrimônios culturais de Sacramento,  que atualmente se encontram em estado precário, além de outros imóveis como o casarão colonial que também necessitam de reforma imediata.

O presidente Manoel Pedro se comprometeu a contactar um profissional técnico, para estudar a viabilidade de elaboração de um projeto de acordo com as recomendações do IPHAN.

Também participaram da reunião Eliana Garcia, Luis Carlos Souza e Alessandro Abdala, da Secretaria de Cultura, além do vereador Maurício Viana.

 

 

 

Equipe de turismo incia ciclo de visitas técnicas

Equipe conheceu de perto o povoado de Desemboque e Cachoeira do Ernesto
Publicado em 06/06/2017

Com objetivo de mapear os potenciais turísticos do município, uma comissão coordenada pelo Diretor Executivo do Circuito Turístico da Alta Mogiana, Manoel Pedro Leal iniciou uma série de visitas técnicas que visam conhecer de perto os principais atrativos de Sacramento. Segundo Manoel, as visitas irão compor um relatório que servirá de base para a elaboração de um plano turístico para o município. "O primeiro passo é visitar, conversar com a comunidade, envolver e sensibilizar as pessoas da importância do turismo para a região" frisou.

Estação do Cipó recebe limpeza

Voluntários realizaram limpeza, poda de vegetação e retirada de entulhos
Publicado em 02/05/2017

Continuando os trabalhos de limpeza e manutenção do patrimônio cultural do município a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura realizou no último dia 25/04, com ajuda dos voluntários da Fazenda Bom Pastor mutirão de limpeza na Estação do Cipó.

Cerca de dez voluntários, coordenados pelo Secretário, professor Carlos Alberto Cerchi, trabalharam durante todo o dia realizando a poda da vegetação no entorno da estação, bem como coleta de entulhos e limpeza da parte interna.

Inaugurada em 1889 a estação de Sacramento (Cipó) está desativada desde a década de 1970 e atualmente encontra-se em precário estado de conservação.

Secretaria de Cultura promove capacitação de professores na APAE

O curso é o passo incicial do projeto "A arte sob um olhar especial - 2017"
Publicado em 01/05/2017

Uma parceria entre as Secretarias Municipais de Cultura e Educação possibilitou a realização do "Curso Básico de Fotografia", ministrado pelo fotógrafo, professor Alessandro Abdala aos profissionais da Escolinha Tio Tofe - Apae de Sacramento.

Com duração de seis horas, o curso aconteceu no sábado 29/04 e constitui o passo inicial do projeto "A arte sob um olhar especial - 2017" desenvolvido há anos pela entidade e que visa expressar o olhar dos alunos usando arte e criatividade.

O grupo formado por professores da APAE aprendeu sobre a história da fotografia, conceitos técnicos e dicas para produzir fotos criativas, além de uma parte prática onde puderam fotografar e ter suas imagens analisadas pelo professor Alessandro.

O objetivo é capacitar os professores para trabalhar a prática fotográfica no projeto a ser desenvolvido em sala de aula.

Roberto Crema realiza palestra e lança livro na Casa da Cultura

Escritor falou sobre o desenvolvimento da "consciência da inteireza"
Publicado em 24/04/2017

O escritor sacramentano Roberto Crema realizou no último dia 15/04, na Casa da Cultura, palestra seguida do lançamento do seu último livro, "O Poder do Encontro".

Promovido pela Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura o evento contou com a participação da Orquestra de Viola e reuniu um público diversificado, que acompanhou as explanações de Roberto sobre sua obra.

O Secretário de Cultura, prof. Carlos Alberto Cerchi abriu o evento ressaltando a missão do autor, de levar a paz pelo mundo: "Aqui estamos para, festivamente, recebermos um sacramentano que promove a sua terra com o que há de mais sublime: a cultura. como reitor da Universidade Internacional da Paz, percorre o país e além, como escritor e palestrante".

Roberto é Psicólogo e Antropólogo e reitor da Universidade Internacional da Paz.

Mais sobre seu trabalho pode ser apreciado em: robertocrema.com.br

Encontro na Praça reuniu artistas e comunidade

Público acompanhou apresentações de capoeira, poesia, música e artes gráficas
Publicado em 10/04/2017

Aconteceu no último dia 18 de março o I Encontro Cultural, realizado na Praça Getúlio Vargas. Organizado pelo Grupo "3 De Nós" com colaboração da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, o evento reuniu artistas e comunidade em uma noite de descontração e enriquecimento cultural. O público companhou as apresentações do poeta José Belisário, do artista Denis R. Balduino, do Grupo de Capoeira BMC e apresentações musicais com Rota 22, Fred Crema e Banda Boneco de Corda.  

Na avaliação dos organizadores, este primeiro encontro além de reunir vários artistas da  cidade, proporcionou uma excelente oportunidade para enriquecer o ambiente cultural.  Os organizadores manifestam o intuito de repetir encontros dessa natureza e ao mesmo tempo ampliar seu raio de ação a fim de estimular nossos talentos criativos, levando o conhecimento desse trabalho artístico aos mais diversos segmentos da sociedade.

Durante o evento, o artista  Denis Balduino fez ao vivo uma bela obra retratando a escritora Carolina Maria de Jesus. 

Noite de autógrafos homenageia Cora Coralina

Evento reuniu artistas da música e letras na Casa da Cultura
Publicado em 31/03/2017

O escritor Luis Fernando Valladares, lançou em Sacramento no dia 24/03 o livro "Encontro com Cora Coralina de Goyas". Na obra o escritor relata as impressões de seus diversos encontros com a poetisa goiana.

O Evento, promovido pela Secretaria de Cultura de Sacramento,  aconteceu na Casa da Cultura Sérgio Pacheco e contou com a participação da Orquestra de Viola, do Coral Mirim da Escola Eurípedes Barsanulfo, do jornalista Walmor Silva que declamou poesias de Cora Coralina e do Professor Dimas da Cruz, que discursou em nome da Academia de Letras do Triângulo Mineiro - ALTM.

O Secretário de Cultura, Professor Carlos Alberto Cerchi, abriu as comemorações fazendo uma analogia entre Cora Coralina e Carolina Maria de Jesus, especialmente no mês em que se comemora mundialmente a luta das mulheres por mais direitos e igualdade.

O escritor Luis Fernando apresentou um filme documentário sobre o Museu Cora Coralina e fez explanações acerca da obra de sua autoria.

Luiz Fernando, advogado e ex-professor da Universidade Federal de Goiás é filho do ex-prefeito de Sacramento, o médico José Valadares da Fonseca.

Secretaria de Cultura realiza mutirão de limpeza em Desemboque

Ação contou com a participação dos internos da Fundação Bom Pastor
Publicado em 13/03/2017

Neste primeiro dia de fevereiro de 2017 a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural, sob a coordenadoria do Professor Carlos Alberto Cerchi realizou um mutirão de limpeza no povoado do Desemboque.

O trabalho contou com a participação dos internos da Fazenda Bom Pastor, entidade filantrópica para recuperação de dependentes químicos, do vereador Maurício Viana e de pessoas da comunidade de Desemboque. 

Doze internos trabalharam durante todo o dia realizando serviços de limpeza, reparo e manutenção nas duas igrejas históricas e também no casarão em estilo colonial. Infelizmente esses imóveis históricos foram encontrados pela Secretaria em lastimável estado de abandono, apresentando sérios problemas de infiltração, acúmulo de sujeira e deterioração do madeiramento e forro, claramente causados pela falta de manutenção regular.

Para o Secretário de Cultura, Prof. Berto Cerchi, este é o início de um projeto emergencial de recuperação dos imóveis históricos que deverá se estender para outros sítios municipais. "Começamos essa ação em caráter de urgência, com os recursos que temos disponíveis, e com o apoio da Fazenda Bom Pastor, para sanar problemas graves como infiltrações causadas por goteiras que comprometem o madeiramento e a estrutura das edificações", comentou.

O vereador Maurício Viana, que participou dos trabalhos, considera a ação de suma importância e acredita que "é uma oportunidade de envolvimento com a comunidade, ações como esta aumentam a auto-estima das pessoas e melhoram o relacionamento destas com o poder público".

Para Elias dos Anjos Pinheiro, coordenador de pessoal da Fazenda Bom Pastor, a
atividade serve como oportunidade para que os internos possam conhecer o patrimônio cultural municipal e também retribuir para a comunidade o apoio que recebem da sociedade e do poder público. 

Na oportunidade o casal de moradores do Desemboque,  Edmar e Sheila ofereceram um almoço aos participantes, momento de confraternização e envolvimento cultural.

O Sr. Florêncio, morador de Desemboque que participou do mutirão, acha que o poder público deve dar o exemplo e envolver a comunidade: "Quando a gente vê a prefeitura tomando a iniciativa, todos se empolgam e passam a ajudar também", ressaltou. 

A Secretaria de Cultura informa que os trabalhos continuam e outros mutirões devem
acontecer em breve.