Sacramento recebe Exposição Internacional de Fotografias

Publicado em 01/09/2017
Mostra da fotógrafa Alice Kohler permanecerá exposta de 04 a 06 de setembro na Casa da Cultura

Sacramento será a terceira cidade brasileira a receber a exposição internacional: "Áfricas: Hererro, Himba, Pokot e Nômades", da fotógrafa Alice Kohler.

A exposição foi viabilizada graças a uma parceria entre a Fundação Cultural de Uberaba e a Secretaria de Cultura de Sacramento, com apoio cultural da Câmara Municipal e do Instituto Mandiba.

A mostra é composta por 20 imagens que traduzem o trabalho da artista em suas idas poéticas ao continente africado, momentos de renovação ao povo intocado do líder Mandela. 

Alice Kohler nasceu em 16 de maio de 1960, na cidade de Blumenau, Santa Catarina. Aos dois anos sua família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde vive até hoje. Graduou-se em educação física pela UFRJ e, especializou-se em Management of Olimpic Sport Organization , pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). 

Dedica parte de seu tempo como voluntária na reserva indígena do Médio Xingu, promovendo a prática de esportes e combatendo o alcoolismo e as drogas. Nestas viagens , registra o povo, seu modo de vida e a natureza da região. A afinidade com a natureza e com o cotidiano da vida indígena dão inspiração a Alice como fotógrafa, uma de suas paixões desde 1977, quando estudante de intercâmbio nos Estados Unidos.

Seu olhar aguçado e exigente captam o que nossos olhos não enxergam e a frenesi de suas lentes registram a beleza e a essência de povos que não conhecemos.
 
Alice  é um misto de fotógrafa e andarilha que gasta uma boa parte de sua vida vivenciando e aprendendo nos quatro Continentes e nos lugares mais diversos  em cultura e hábitos, abrindo é claro um capítulo a parte para o Brasil, sua terra natal .

Artista que fez da Fotografia sua Profissão de Fé.


" As fotos de Alice são o resultado do seu olhar andarilho, curioso e generoso, mas ao mesmo tempo guerreiro, porque busca o outro para nos mostrar que, no essencial, somos todos iguais. 

Desportista antes de ser fotógrafa, Alice dedica boa parte de seu tempo trabalhando como voluntária na área indígena do Médio Xingu, promovendo a prática de esportes, e no tempo que sobra acompanha projetos sociais no continente africano.

Em “Africas”,  ela nos leva por caminhos do Botsuana, Namíbia, Quênia, África do Sul e Benim, recolhendo momentos que valem por uma verdadeira iniciação na essência de um mundo quase intocado e, por isso mesmo, impregnado pela memória ancestral. Seja nos desertos e savanas ou nos centros urbanos, a população africana se esmera em originalidade com seu jeito colorido de ser  que conta a história das tribos, dos clãs, dos povos de ontem e de hoje. Através das suas fotos, Alice se faz embaixadora de toda essa riqueza cultural."

Milton Guran

Agende:

Exposição Caminhos da África: Hererro, Himba, Pokot e Nômades

Alice Kohler

04 a 06 de setembro 

Casa da Cultura